O ensino de português brasileiro na Argentina sob uma perspectiva intercultural

Palavras-chave: Leitura, Interculturalidade, Livro didático, Português como Língua Estrangeira

Resumo

O artigo discute o ensino de português como língua estrangeira (PLE) em viés intercultural e parte da expansão do ensino de PLE na Argentina. Para tanto, analisaremos o Brasil Intercultural (2014), elaborado sob a coordenação de Edleise Mendes. Assim, selecionamos atividades de leitura, a fim de investigar se o livro didático (LD) pode favorecer um ensino intercultural (KRAMSCH, 1993; 2009; 2017 [2013]). Por meio de uma metodologia documental e qualitativa, realizamos uma análise interpretativa. Os resultados do trabalho apontaram que as propostas didáticas orientam a comparação entre-culturas, mas não há discussões acerca das aproximações e diferenças culturais de modo crítico e reflexivo

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALMEIDA, A. BARBOSA, C. N. Horizontes: rumo à proficiência em língua portuguesa. Buenos Aires: LiBreAr, 2010.

ARGENTINA. Contenidos Básicos Comunes. Disponível em: http://www.bnm.me.gov.ar/giga1/documentos/EL001215.pdf. Acesso em: 20 fev. 2019.

ARGENTINA. Decreto n. 25.181, de 27 de outubro de 1999. Aprova o Convênio de Cooperação Educativa entre a República Argentina e a República Federativa do Brasil. Buenos Aires: Senado e Câmara dos Deputados. Disponível em: https://bit.ly/34oU3lR. Acesso em: 21 maio 2019.

ARGENTINA. Decreto n. 26.206, de 14 de dezembro de 2006. Dispõe sobre a obrigatoriedade de conteúdos curriculares de LE relacionados ao MERCOSUL. Buenos Aires: Senado e Câmara dos Deputados. Disponível em: https://bit.ly/36ye4YX. Acesso em: 11 abr. 2019.

ARGENTINA. Decreto n. 26.468, de 17 de dezembro de 2008. Dispõe sobre a obrigatoriedade da oferta do Português como Língua Estrangeira na proposta curricular dos níveis primário e secundário. Buenos Aires: Senado e Câmara dos Deputados. Disponível em: https://bit.ly/34BvVwD. Acesso em:18 mar. 2019.

ARGENTINA. MERCOSUR educacional. Disponível em: http://edu.mercosur.int/pt-BR/. Acesso em: 15 mar. 2019.

ARGENTINA. Ministerio de Relaciones Exteriores y Culto. República Argentina. Disponível em: https://www.mrecic.gov.ar/. Acesso em: 24 maio 2019.

ARGENTINA. Secretaria de politicas universitarias. Disponível em: https://bit.ly/36EGuRk. Acesso em: 14 maio 2019.

ARGENTINA. Setor Educativo. Protocolo de intenciones de los ministros de Educación, 1991. Disponível em: https://bit.ly/2PFBWE9. Acesso em: 24 jan. 2019.

ASSOCIÁCION ARGENTINA DE PROFESORES DE PORTUGUÉS. Disponível em: https://aapp.webnode.com/. Acesso em: 18 mar. 2019.

BARBOSA, C. N.; SCHRÄGLE, I. Brasil Intercultural: língua e cultura brasileira para estrangeiros. Ciclo Intermediário – Níveis 3 e 4. Coordenação Edleise Mendes. Buenos Aires: Casa do Brasil, 2014b.

BARBOSA, C. N.; CASTRO, G. N. de. Brasil Intercultural: língua e cultura brasileira para estrangeiros. Ciclo Básico – Níveis 1 e 2. Coordenação

Edleise Mendes. Buenos Aires: Casa do Brasil, 2014a.

BRASIL. Centro Cultural BRASIL-ARGENTINA. Disponível em: http://ccba.itamaraty.gov.br/pt-br/. Acesso em: 15 maio 2019.

BRASIL. Decreto n. 9394. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional.

Brasília: Presidência da República, Casa Civil, 1996. Disponível em: https://bit.ly/33dee5Z. Acesso em: 20 fev. 2019.

BRASIL. Ministério das Relações Exteriores. Governo Federal. Disponível em: http://www.itamaraty.gov.br/pt-BR/. Acesso em: 26 fev. 2019.

CONSELHO DA EUROPA. Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas – aprendizagem, ensino, avaliação. Trad. por Maria Joana Pimentel do Rosário e Nuno Verdial Soares. Porto: Edições Asia, 2001.

CRISTOFOLI, M. S. Políticas de línguas estrangeiras na educação básica, Brasil e Argentina entre avanços e percalços. Dissertação (Doutorado) –Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2010. Disponível em: https://bit.ly/2pCjKAE. Acesso em: 23 abr. 2019.

DINIZ, L. R. A et al. Uma análise de livros didáticos de português para estrangeiros. In: DIAS, R; CRISTÓVÃO, V. L (org.). O livro didático de língua estrangeira: múltiplas perspectivas. Campinas: Mercado de Letras, 2009. p. 265-304.

FUNCEB. Um português bem brasileiro. Buenos Aires: Loyola, 1997.

FUNCEB. Conhecendo o Brasil curso de português para falantes de espanhol. Buenos Aires: Akian Gráfica Editora, 2000.

GONZALEZ, V. A. Análise de abordagem de material didático para o ensino de línguas (PLE/PL2). Dissertação (Mestrado) – Universidade de Brasília, Brasília. 2015. Disponível em: http://repositorio.unb.br/handle/10482/18084. Acesso em: 20 ago. 2018.

HALL, S. Quem precisa da identidade? Tradução de Tomaz Tadeu da Silva. In: SILVA, Tomaz Tadeu da (org.); HALL, Stuart; WOODWARD, Kathryn.

Identidade e diferença: a perspectiva dos estudos culturais. Petrópolis, RJ: Editora Vozes, 2009. p. 103-133.

KRAMSCH, C. Context and Culture in Language Teaching. Oxford: Oxford, University Press, 1993.

KRAMSCH, C. Third Culture and Language Education. In: COOK, V.; WEI, L. (ed.). Contemporary Applied Linguistics. London: Continuum, 2009. p. 233-254.

KRAMSCH, C. Cultura no ensino de língua estrangeira. Tradução de Orison Marden Bandeira de Melo Júnior. Revista Bakhtiniana, São Paulo, v. 12, n.

, p. 134-152, set./dez. 2017 [2013]. Disponível em: https://bit.ly/34p1ycs. Acesso em: 15 mar. 2018.

MARÍA, M. M. S.; ANDRÉ, S. Português dinâmico: nível intermediário. Buenos Aires: El autor, 2010.

MARÍA, M. M. S.; ANDRÉ, S. Português dinâmico: nível inicial. Buenos Aires: El autor, 2011.

MOITA LOPES, L. P da. Identidades fragmentadas: a construção de raça, gênero e sexualidade na sala de aula. Campinas, São Paulo: Mercado de Letras, 2002.

MOITA LOPES, L. P da. Por uma Linguística Aplicada Indisciplinar. São Paulo: Parábola, 2006. p. 67-84.

PARAGUAI. Tratado para a constituição de um mercado comum entre a República Argentina, a República Federativa do Brasil, a República do Paraguai e a República Oriental do Uruguai, março de 1991. Disponível em: https://bit.ly/2WJUSTF. Acesso em: 14 maio 2018.

Publicado
18-03-2020
Como Citar
Vargas, N. S., & de Azevedo, I. C. M. (2020). O ensino de português brasileiro na Argentina sob uma perspectiva intercultural. Signótica, 32. https://doi.org/10.5216/sig.v32.59713
Seção
Estudos Linguísticos