Arte, crítica e sociedade em Georg Lukács e Theodor Adorno

Palavras-chave: Teoria estética, Georg Lukács, Theodor Adorno., Crítica marxista

Resumo

A proposta deste estudo é analisar as linhas gerais das teorias estéticas de Georg Lukács e Theodor Adorno. O objetivo é demonstrar que, apesar de se enquadrarem de modos bastante diversos na tradição da crítica marxista, suas perspectivas convergem em pontos fundamentais. Para isso, três pontos de discussão serão abordados: a questão da ontologia em suas teorias, suas concepções de obra de arte e a maneira segundo a qual compreendem a arte vanguardista.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alex Alves Fogal, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil.

Professor de literatura brasileira no CEFET- MG, mestre e doutor em literatura brasileira pela UFMG.

Publicado
09-04-2019
Como Citar
Fogal, A. (2019). Arte, crítica e sociedade em Georg Lukács e Theodor Adorno. Signótica, 31. https://doi.org/10.5216/sig.v31.54772
Seção
Seção Temática