Questões de método

contribuição sartriana para a teoria e crítica literárias materialistas

Palavras-chave: Jean-Paul Sartre, Questões de método, Crítica da razão dialética, Mediação, Objetivação

Resumo

Jean-Paul Sartre, materialista em sua última e mais radical fase, desenvolveu tanto em Questões de método quanto em Crítica da razão dialética, pressupostos teóricos de elaborada pertinência para uma crítica literária marxista. Trata-se de acompanhar as consequências formais do processo social em sua amplitude e profundidade geométricas, lançando mão de uma “hierarquia de mediações”, só passível de reconstrução a partir de “disciplinas auxiliares” modernas, tais quais a sociologia e a psicanálise. A proposição do diálogo, heterodoxa, renova a sondagem marxista das superestruturas, conquanto também conserve traços da filosofia existencial sartriana pregressa. Veremos os dilemas e limites de tal itinerário.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gabriel Estides Delgado, Universidade de Brasília (UNB), Brasília, Distrito Federal, Brasil.

Pesquisador de pós-doutorado (CAPES/PNPD) vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Literatura da Universidade de Brasília. Doutor em Literatura (UnB).

Publicado
10-04-2019
Como Citar
Delgado, G. (2019). Questões de método. Signótica, 31. https://doi.org/10.5216/sig.v31.54644
Seção
Seção Temática