O funcionamento dos elementos adverbiais no gênero textual propaganda

Autores

  • Diana Rodrigues Sarcinelli dos Santos Universidade Federal do Espírito Santo (UFES),Vitória, Espírito Santo,Brasil http://orcid.org/0000-0002-3366-0270
  • Lúcia Helena Peyroton da Rocha Universidade Federal do Espírito Santo (UFES),Vitória, Espírito Santo,Brasil

DOI:

https://doi.org/10.5216/sig.v30i4.51284

Palavras-chave:

Funcionalismo. Adjunto adverbial. Propaganda.

Resumo

Neste artigo objetivamos analisar qualitativamente e quantitativamente os elementos de natureza adverbial em propagandas da rede Hortifruti, para discutir a noção de dispensabilidade dada a esses elementos pelos estudos tradicionais, que os classificam como termos acessórios da oração sob uma ótica sintático-semântica, e evidenciar sua importância para o cumprimento do propósito comunicativo desse gênero textual. Partimos do pressuposto de que a motivação para o uso dos elementos adverbiais está condicionada a aspectos pragmático-discursivos. Recorremos, pois, à orientação teórica do Funcionalismo de vertente norte-americana (GIVÓN, 2001; TOMASELLO, 1998), conjugando-a com a Linguística Textual (KOCH, 2014; CAVALCANTE; CUSTÓDIO FILHO, 2010).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Diana Rodrigues Sarcinelli dos Santos, Universidade Federal do Espírito Santo (UFES),Vitória, Espírito Santo,Brasil

É doutoranda em estudos linguísticos pela Universidade Federal do Espírito Santo, mestre em estudos linguísticos pela mesma universidade e licenciada em Letras Português/Inglês e Português/Espanhol pela Faculdade Multivix Serra. Possui interesse no ensino de Língua Portuguesa e Língua Espanhola. Atua, principalmente, na área de estudos analítico-descritivos da linguagem sob a ótica do Funcionalismo.Tem experiência na área de linguística e na análise e produção de textos em Língua Portuguesa. Participa do grupo de pesquisa Núcleo de Pesquisas em Linguagens na UFES.

Lúcia Helena Peyroton da Rocha, Universidade Federal do Espírito Santo (UFES),Vitória, Espírito Santo,Brasil

É Licenciada em Letras Português pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), Mestre em Linguística e Língua Portuguesa pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP-Araraquara), Doutora em Linguística e Língua Portuguesa pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP-Araraquara). Fez o Pós-Doutorado na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). É Professora Titular da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES); na graduação, ministra as disciplinas Fundamentos da Sintaxe do Português, Teorias Sintáticas, orienta Trabalho de Conclusão de Curso. Atualmente é Coordenadora Adjunta do Programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos (PPGEL/UFES). Faz parte do corpo docente do Curso de Mestrado em Estudos Linguísticos (PPGEL/UFES). No Mestrado, ministra as disciplinas: Funcionalismo e Gramática; Sintaxe; Tópicos Avançados. É representante da Linguística no Comitê Institucional de Iniciação Científica (PRPPG/UFES). É Coordenadora de Núcleo de Pesquisas em Linguagens (UFES/CNPq).

Downloads

Publicado

2018-12-03

Como Citar

SANTOS, D. R. S. dos; ROCHA, L. H. P. da. O funcionamento dos elementos adverbiais no gênero textual propaganda. Signótica, Goiânia, v. 30, n. 4, p. 547–573, 2018. DOI: 10.5216/sig.v30i4.51284. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/sig/article/view/51284. Acesso em: 26 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigo