Crianças com síndrome de Down: referenciação e multimodalidade em contexto lúdico

Autores

  • Paulo Vinícius Ávila-Nóbrega Universidade Federal da Paraíba (UFPB), João Pessoa, Paraíba, Brasil
  • Marianne Carvalho Bezerra Cavalcante Universidade Federal da Paraíba (UEPB), Campina Grande, Paraíba, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.5216/sig.v30i4.49409

Palavras-chave:

Referenciação multimodal. Síndrome de Down. Engajamento conjunto.

Resumo

Nosso intuito é apresentar o uso da referenciação multimodal (ÁVILA-NÓBREGA, 2017) de duas crianças com Síndrome de Down, no engajamento conjunto em contextos lúdicos. Acerca da SD, postulados de Pueschel (2002) serão apresentados. Sobre referenciação, mencionamos as relações da reiteração e da associação. Para tratar do que concebemos por multimodalidade, tomamos por base estudos de McNeill (1985) e, sobre engajamento conjunto, nos pautamos em estudos de Tomasello (2003). Nossa coleta de dados ocorreu na Clínica de Fonoaudiologia da Universidade Federal da Paraíba, e os vídeos contendo os dados coletados na clínica têm uma média de 30 minutos de duração.


Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulo Vinícius Ávila-Nóbrega, Universidade Federal da Paraíba (UFPB), João Pessoa, Paraíba, Brasil

Doutor em Linguística pelo Programa de Pós-graduação em Linguística (PROLING), daUFPB. Curso de Letras do Centro de Ciências Humanas e Exatas da Universidade Estadual da Paraíba, Campus VI

 

 

Marianne Carvalho Bezerra Cavalcante, Universidade Federal da Paraíba (UEPB), Campina Grande, Paraíba, Brasil

Professora do Programa de Pós-graduação em Linguística da Universidade Federal da Paraíba

Downloads

Publicado

2018-12-03

Como Citar

ÁVILA-NÓBREGA, P. V.; CAVALCANTE, M. C. B. Crianças com síndrome de Down: referenciação e multimodalidade em contexto lúdico. Signótica, Goiânia, v. 30, n. 4, p. 727–746, 2018. DOI: 10.5216/sig.v30i4.49409. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/sig/article/view/49409. Acesso em: 30 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigo