Reflexões comunitárias e administração das diferenças

Autores

  • Benjamin Abdala Júnior Universidade de São Paulo (USP), São Paulo, SP, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.5216/sig.v29i1.44864

Palavras-chave:

Comunitarismo cultural. Administração das diferenças. Fluxos culturais. Fronteiras múltiplas. Identidades plurais.

Resumo

O presente artigo faz uma análise da ascensão do comunitarismo cultural, tal como ele se coloca supranacionalmente diante da repactualização política internacional originária do crack financeiro de 2008. A partir do lócus enunciativo, colocam-se dois enlaces principais, do ponto de vista literário e cultural, para os países de língua portuguesa e ibero-americanos. Tais formulações não restringem políticas de cooperação e de solidariedade, pois que, de acordo com o autor, o mundo configura-se cada vez mais como de fronteiras múltiplas e identidades plurais. O texto, a partir dessas configurações, centra-se no comunitarismo cultural dos países de língua portuguesa, oriundo do hibridismo cultural das várias margens da Bacia Cultural Mediterrânica. Levanta ainda questões de ordem política no sentido de problematizar a atual assimetria dos fluxos culturais e as estratégias de administração da diferença para a preservação de hegemonias estabelecidas.


Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Benjamin Abdala Júnior, Universidade de São Paulo (USP), São Paulo, SP, Brasil

Professor titular da FFLCH da Universidade de São Paulo. Pesquisador 1 A do CNPq, foi adjunto de representante e coordenador da área de Letras e Lingüística da CAPES; ex-representante das áreas de Humanas no Conselho Técnico-Científico dessa agência do MEC. Ex-presidente da Associação Brasileira de Literatura Comparada, foi por duas gestões representante dessa área do conhecimento no CNPq. Membro do Conselho Editorial de várias revistas científicas, foi diretor ou coordenador de séries ou coleções editoriais, entre elas, a Princípios e Fundamentos (Editora Ática), Literatura Comentada (Editora Abril), Ponto Futuro e Livre Pensar (Editora SENAC-SP). Suas pesquisas, desde o Mestrado, na Universidade de São Paulo, situam-se no campo da Literatura Comparada, atuando no âmbito das literaturas de língua portuguesa. Foi um dos introdutores dos estudos das Literaturas Africanas no país. Ex-vice-diretor da Comissão de Cooperação Internacional e chefe do Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas da USP, é o primeiro presidente da AFROLIC - Associação Internacional de Estudos Literários e Culturais Africanos. Publicou cerca de quarenta títulos de livros (livros de autoria individual, organização de coletâneas críticas e antologias), entre eles A escrita neo-realista (1981); História social da literatura portuguesa (1984); Tempos da Literatura Brasileira (1985); Literatura, história e política (1989); Fronteiras múltiplas, identidades plurais: um ensaio sobre mestiçagem e hibridismo cultural (2002); De vôos e ilhas: literatura e comunitarismos (2003); Literaturas de língua portuguesa: marcos e marcas - Portugal (2007); Literatura comparada e relações comunitárias, hoje (2012). Entre as coletâneas que organizou ou co-organizou, podem ser mencionadas Ecos do Brasil: Eça de Queirós, leituras brasileiras e portuguesas (2000); Personae: grandes personagens da literatura brasileira (2001); Incertas relações: Brasil e Portugal no século XX (2003); Margens da cultura: mestiçagem, hibridismo & outras misturas (2004); Portos flutuantes: trânsitos ibero-afro-americanos (2004); Moderno de nascença: figurações críticas do Brasil (2006); Literatura Comparada e relações comunitárias, hoje (2012); Estudos comparados: teoria, crítica e metodologia (2014); e Literatura e memória política (2014), Um mundo coberto de jovens (2016).

Publicado

2017-06-13

Como Citar

ABDALA JÚNIOR, B. Reflexões comunitárias e administração das diferenças. Signótica, Goiânia, v. 29, n. 1, p. Port.15–26/Eng. 27, 2017. DOI: 10.5216/sig.v29i1.44864. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/sig/article/view/44864. Acesso em: 28 maio. 2022.

Edição

Seção

Seção Temática