Os Xerente Akwén, os animais e as plantas: uma revisita aos inalienáveis com a semântica da gramática

  • Sílvia Lúcia Bigonjal Braggio Universidade Federal de Goiás - UFG
Palavras-chave: Etnossintaxe, xerente akwén, propriedades inalienáveis

Resumo

Depois de muitos anos trabalhando com os Xerente Akwén, povo indígena da família linguística Jê e observando o modo como esse povo classifica­se a si mesmo e também a fauna e a flora, decidi tratar das propriedades dos in­ alienáveis, as quais, em meu ponto de vista, ligam os Akwén à fauna e à flora, em uma categoria sobreposta às demais classificações da língua. Para tanto, utilizo a teoria da etnossintaxe ou semântica da gramática, baseada em uma revisita de vários estudiosos aos escritos de Sapir e Whorf, em uma versão relativista denominada “narrow”, ou “fraca”, não determinista como anteri­ ormente eram considerados os estudos de Sapir e Whorf. Foram utilizados vários dados coletados ao longo de meu trabalho, a partir dos quais elaborei um questionário específico que foi aplicado ao meu pesquisador auxiliar, Sisdaze Akwén, na faixa da geração considerada mais velha (acima de 40 anos). Os da­ dos descritos e analisados mostram as diferentes formas de classificação dessa língua, diversas das ocidentais, as quais, seguramente, podem contribuir para a ciência da linguagem, para os povos de etnias diversas e para a sistematização das classificações singulares que elas elaboram e, consequentemente, para a educação escolar indígena.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
23-03-2012
Como Citar
Braggio, S. (2012). Os Xerente Akwén, os animais e as plantas: uma revisita aos inalienáveis com a semântica da gramática. Signótica, 23(2), 439-458. https://doi.org/10.5216/sig.v23i2.17531
Seção
Artigo