Aspectos do ditongo nasal /ãʊ/ no falar cuiabano

Autores

  • Manoel Mourivaldo Santiago Almeida ; Gabriel Antunes de Araújo

DOI:

https://doi.org/10.5216/sig.v22i2.13614

Resumo

Este texto apresenta dados coletados na região da Baixada Cuiabana na década de noventa do século XX e evidencia fenômenos sobre a realização do ditongo nasal /ã??/. Mostraremos que o ditongo /ã??/ pode ser realizado das seguintes maneiras: [????], [õ??], [?u], [õ], [??] e [?]. Pretende-se, portanto, descrever parte do quadro vocálico desse falar local e, por extensão, do português falado/popular no/do Brasil. Defenderemos que essas variações podem ser associadasa traços remanescentes de fases anteriores da língua portuguesa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-03-22

Como Citar

GABRIEL ANTUNES DE ARAÚJO, M. M. S. A. ;. Aspectos do ditongo nasal /ãʊ/ no falar cuiabano. Signótica, Goiânia, v. 22, n. 2, p. 409–425, 2011. DOI: 10.5216/sig.v22i2.13614. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/sig/article/view/13614. Acesso em: 18 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigo