Os modos dúbios do ser: o real e o contingente em José de Alencar e Machado de Assis

Autores

  • Marcelo Almeida Peloggio

DOI:

https://doi.org/10.5216/sig.v22i1.12745

Resumo

O artigo tem como objetivo mostrar as incongruências formais, nas obrasde ficção de José de Alencar e Machado de Assis, como expressão de umarealidade movente e não essencial.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-12-17

Como Citar

PELOGGIO, M. A. Os modos dúbios do ser: o real e o contingente em José de Alencar e Machado de Assis. Signótica, Goiânia, v. 22, n. 1, p. 197–210, 2010. DOI: 10.5216/sig.v22i1.12745. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/sig/article/view/12745. Acesso em: 18 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigo