FÓRUM SER PROFESSOR! UM ESPAÇO DE FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES NO ICB/UFG

Autores

  • Lorena Alves Moraes Aluna do Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas do ICB/UFG
  • Rones de Deus Paranhos Instituto de Ciências Biológicas Universidade Federal de Goias
  • Adda Daniela Lima Figueiredo Echalar Instituto de Ciências Biológicas Universidade Federal de Goias
  • Simone Sendin Moreira Guimaraes Instituto de Ciências Biológicas Universidade Federal de Goias

DOI:

https://doi.org/10.5216/revufg.v18i22.51694

Resumo

O presente artigo é um relato de experiência de um projeto de extensão realizado no e por professores do Instituto de Ciências Biológicas (ICB) da Universidade Federal de Goiás (UFG) denominado “Fórum Ser Professor! Reflexões sobre o processo formativo na licenciatura em Ciências Biológicas” e objetiva expor as motivações, a organização das atividades, o processo de divulgação e uma síntese/avaliação das atividades desenvolvidas em 2017, tendo ainda no horizonte, a discussão sobre a formação de professores no atual cenário político brasileiro. Em 2017 foram realizadas quatro atividades de extensão que envolveram 10 pessoas na organização, seis palestrantes e 85 participantes internos e externos à UFG. Os temas escolhidos para as palestras foram um ponto forte do evento, assim como, a participação dos alunos do curso de licenciatura em Ciências Biológicas, responsáveis por quase 65% dos presentes nos quatro dias de atividades. Porém, ainda foi pequena a participação externa, em especial de professores da educação básica. Assim, para a continuidade do projeto, que se pretende anual, os investimentos em divulgação externa, em especial nas escolas, devem ser ampliados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lorena Alves Moraes, Aluna do Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas do ICB/UFG

Licencianda em Ciências Biológicas do ICB/UFG, voluntária de extensão PROEC e bolsista PIBID-Biologia.

Rones de Deus Paranhos, Instituto de Ciências Biológicas Universidade Federal de Goias

Doutor em Educação, mestre em Educação em Ciências e Matemática e licenciado em Ciências Biológicas. Professor Adjunto I do ICB /UFG.

Adda Daniela Lima Figueiredo Echalar, Instituto de Ciências Biológicas Universidade Federal de Goias

Doutora em Educação, mestre em Biologia e licenciada em Ciências Biológicas. Professora Adjunto II do ICB /UFG. Professora do programa da Pós-graduação em Educação em Ciências e Matemática - UFG.

Simone Sendin Moreira Guimaraes, Instituto de Ciências Biológicas Universidade Federal de Goias

Doutora em Educação Escolar, mestre em Educação e licenciada em Ciências Biológicas. Professora Adjunto IV do ICB /UFG. Professora do programa da Pós-graduação em Educação em Ciências e Matemática - UFG.

Referências

ANDRADE, M. L. S.; CORAIS, M. C. Formação continuada e profissionalização da docência. Interagir: pensando a extensão, n.3, p.27-36, jan./jul., 2003.

BRASIL, Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996 (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional), MEC/Brasília, 1996.

_____. Conselho Nacional de Educação. Define as Diretrizes Curriculares Nacionais para a formação inicial em nível superior (cursos de licenciatura, cursos de formação pedagógica para graduados e cursos de segunda licenciatura) e para a formação continuada. Resolução CNE/CP n. 02/2015, de 1º de julho de 2015. Brasília, Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, seção 1, n. 124, p. 8-12, 02 de julho de 2015.

_____. Câmara dos Deputados. Projeto de Lei 7.180/2014 - Respeito às convicções do aluno, de seus pais ou responsáveis, tendo os valores de ordem familiar precedência sobre a educação escolar nos aspectos relacionados à educação moral, sexual e religiosa, vedada a transversalidade ou técnicas subliminares no ensino desses temas. 2014. Disponível em: <http://www.camara.gov.br/sileg/integras/1232338.pdf> Acesso em: 15 abr. 2017.

_____. Câmara dos Deputados. Projetos de Lei nº 867/2015 - Inclui, entre as diretrizes e bases da educação nacional, o "Programa Escola sem Partido". 2015 Disponível em: <http://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=1050668> Acesso em: 15 abr. 2017.

_____. Câmara dos Deputados. Projeto de Lei nº 1.411/2015 - Tipifica o crime de Assédio Ideológico e dá outras providências. 2015. Disponível em: <http://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=1229808> Acesso em: 15 abr. 2017.

_____. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular (BNCC) – Documento preliminar. MEC. Brasília, DF, 2015. Disponível em: <http://basenacionalcomum.mec.gov.br/> Acesso em: 15 abr. 2017.

_____. Ministério da Educação. Parecer CNE/CP 9, de 8 de maio de 2001. Documenta, Brasília, n. 476, p. 513-562, 2001a. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/028.pdf >. Acesso em: 23 out. 2006.

_____. Ministério da Educação. Parecer CNE/CP n. 21, de 6 de agosto de 2001. Brasília, DF, 2001b. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/dmdocuments/cnecp_212001.pdf> . Acesso em: 23 out. 2006.

_____. Ministério da Educação. Parecer CNE/CP n. 28, de 2 de outubro de 2001. Brasília, DF, 2001c. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/dmdocuments/cnecp_212001.pdf>. Acesso em: 23 out. 2006.

_____. Ministério da Educação. Resolução CNE/CP n. 1, de 18 de fevereiro de 2002. Diário Oficial da União, Brasília, 4 mar. 2002a. Seção 1. p. 8.

_____. Ministério da Educação. Resolução CNE/CP n. 2, de 19 de fevereiro de 2002. Diário Oficial da União, Brasília, 4 mar. 2002b. Seção 1. p. 9.

_____. Ministério da Educação. Parecer CNE/CES n. 15, de 2 de fevereiro de 2005. Brasília: MEC/CNE, 2005.

CAVAGIS, A. D. M.; JUNIOR, J. B. dos S.; KONDO, M. M.; BENEDETTI FILHO, J. V. G. E. Formação continuada de professores do Ensino Fundamental I em ciências da natureza e matemática. Rev. Ciênc. Ext. v.13, n.3, p. 146-159, 2017.

DALCIN, L.; AUGUSTI, R. B. O princípio da indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão como paradigma de uma universidade socialmente referenciada. Rev. ELO – Diálogo em Extensão, v. 5, n.3, dez., p.38-49, 2016.

DOMINGUINI, L.; ROSSO, P.; GIASSI, M. G. Extensão e a formação continuada de professores: um estudo de caso em Ciências Naturais. Rev. Ciênc. Ext. v.9, n.1, p.124-134, 2013.

FERNANDES, C. P.; MONZAMBANI, B. A.; BENEDETTI-FILHO, E.; SANTOS JÚNIOR, J. B. dos; CAVAGIS, A. D. M. PIBID: um canal de extensão universitária para o ensino de ciências. Cidadania em Ação: Rev. Ext. e Cult., v. 8, n. 2, p. 1-13, 2014.

FORPROEXT. Fórum de Pró-Reitores de Extensão das Universidades Públicas Brasileiras. Extensão Universitária: organização e sistematização. Edison José Corrêa (Org.). Coordenação Nacional do FORPROEX. Belo Horizonte: Coopmed, 2007. 112p

GONÇALVES, R.; MELLO, E. M. B.; MELLO-CARPES, P. B. Oficina “Circuito Sensorial” como metodologia utilizada na formação continuada de professores de ciências – um relato de experiência. Rev. Ciênc. Ext. v.12, n.1, p.6-13, 2016.

HENRIQUES, L. R.; KONIG, I. F. M.; DIAS, B. K. de M.; BAGNO, F. F.; SANTOS, R. C. V.; LEITE, J. P. V. Bioquímica nas escolas: uma estratégia educacional para o estudo de Ciência no Ensino Médio. Rev. ELO – Diálogo em Extensão, v. 5, n.3, dez., p.6-17, 2016.

HIRAMA, L. K.; MATOS, J. A. de; JOAQUIM, C. dos S.; MONTAGNER, P. C. Extensão universitária e formação do professor de educação física: contribuições a partir da permanência prolongada. Rev. Ciênc. Ext. v.12, n.1, p.28-40, 2016.

KOCHHANN, A. M.; SILVA, K. A. C. P. C. A formação de professores no curso de pedagogia: perspectivas e limites da extensão universitária. Anais da V Semana de Integração. Inhumas: UEG, 2016, p. 286-296

MELO, J. S. A.; MONTEIRO, B. A. P.; CARVALHO, F. C. de; PINTO, L. de M. A.; SOARES, A. M. O museu de história natural da UFLA como espaço de divulgação científica e a formação inicial de professores. Rev. Extendere, v. 2, n. 1, jan./jun., p.149-165, 2014.

MORAIS, J. F. S; ARAÚJO, M. S.; PRADO, G. V. Extensão e formação docente na escola: projetos em diálogo. Extensio: R. Eletr. de Extensão, v. 9, n. 13, p.91-105, 2012.

NASCIMENTO JÚNIOR, A. F. Construção de Estatutos de Ciência para a Biologia numa perspectiva histórico-filosófica: uma abordagem estruturante para seu ensino. Tese (Doutorado em Educação para a Ciência). Universidade Estadual Paulista ?Júlio de Mesquita Filho?, Campus de Bauru, 2010. 437 p.

OLIVEIRA NETO, J. F. Configurações da prática como componente curricular nos cursos de licenciatura em Ciências Biológicas de universidades públicas de Goiás: sentidos e implicações. 2016. 134 f. Dissertação (Mestrado em Educação em Ciências e Matemática) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2016.PAIVA, J. Formação continuada de professores: tramas da extensão em projetos de reformulação curricular. Interagir: pensando a extensão, n.3, p.37-45, jan./jul., 2003.

RODIRGUES, M. A. Atividades de extensão em locais de educação não formal para enriquecer a formação dos licenciandos em física. Em Extensão, v. 13, n. 1, p. 126-136, jan. / jun. 2014.

ROSA, L. S.; GONÇALVES, R.; RODRIGUES, T.; FAGUNDES, F. M.; TIEPPO, K.; ISOTON, M.; RIBEIRO, P. da S.; CARPES, F. P.; MELLO, E. M. B.; MELLO-CARPES, P. B. Difusão da fisiologia através da capacitação de docentes da educação básica. Rev. Ciênc. Ext. v.9, n.2, p.128-140, 2013.

SCHAFRANSKI, M. D. Educação não-formal e alfabetização de adultos: um relato de experiência. Revista Conexão. Ponta Grossa, v. 3, n. 1. 2007. Disponível em: <http://www.uepg.br/revistaconexao/revista/edicao03/artigo5.pdf>. Acesso em 22 dez. 2012.

SILVA, R. F.; ROSA, M. M. C. S. Extensão universitária no currículo das licenciaturas: inovação e relação de sentido. Olhar de Professor. Ponta Grossa, v. 14, n. 2, p. 371-380, 2011.

SILVA, A. P.; FERNANDES, G.; COSTA, M. R. da.; NEVES, M. L. R. da C. Formação continuada de professores de biologia: uma proposta para complementar a educação em Diamantina, Minas Gerais. Em Extensão, v. 11, n. 2, p. 126-136, jan. / jun. 2012

SOUZA-JUNIOR, A. J. S.; BALDUINO, G. E.; CUNHA, M. D. Saberes docentes relativos à prática de calcular no processo de formação continuada de profissionais que atuam no ensino fundamental. Em Extensão, v. 12, n. 1, p. 24-41, jan. / jun. 2013.

UFG, Laboratório de Estágio Supervisionado e Ensino de Ciências – LESEC (Instituto de Ciências Biológicas – ICB) in: https://lesec.icb.ufg.br/ Acesso em: 01 de Jan. 2018.

Downloads

Publicado

2018-08-13

Como Citar

MORAES, L. A.; PARANHOS, R. de D.; ECHALAR, A. D. L. F.; GUIMARAES, S. S. M. FÓRUM SER PROFESSOR! UM ESPAÇO DE FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES NO ICB/UFG. Revista UFG, Goiânia, v. 18, n. 22, 2018. DOI: 10.5216/revufg.v18i22.51694. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/revistaufg/article/view/51694. Acesso em: 30 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigos