DESLOCAMENTOS E MOBILIDADE URBANA NO CAMPUS SAMAMBAIA GOIÂNIA - GO

Autores

  • Maria Natália Paulino Araújo Alcântara
  • Ana Stéfany da Silva Gonzaga
  • Érika Cristine Kneib

Resumo

Resumo: Este trabalho se envolve no contexto da mobilidade urbana, no qual as relações entre Polos Geradores de Viagens – PGVs e os padrões de deslocamento interferem diretamente na qualidade de vida da população. Ao considerar como PGV o Campus Samambaia, uma das unidades da Universidade Federal de Goiás, este artigo tem como objetivo investigar os padrões de deslocamentos internos do referido Campus e também observar sua dinâmica externa, ou seja, suas relações com o entorno. Para isso, foram utilizadas pesquisas qualitativas-quantitativas, descritivas e exploratórias (in loco e eletrônica), que serviram como instrumentos para identificação do perfil dos usuários em seus deslocamentos diários e seus respectivos meios de transporte. As dificuldades e potencialidades identificadas nessas dinâmicas de deslocamento possibilitaram a elaboração de diretrizes estratégicas para a melhoria da mobilidade urbana no Campus Samambaia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-08-03

Como Citar

PAULINO ARAÚJO ALCÂNTARA, M. N.; DA SILVA GONZAGA, A. S.; KNEIB, Érika C. DESLOCAMENTOS E MOBILIDADE URBANA NO CAMPUS SAMAMBAIA GOIÂNIA - GO. Revista UFG, Goiânia, v. 15, n. 17, 2017. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/revistaufg/article/view/48539. Acesso em: 30 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigos