USO DE LAMA RESIDUAL DE CONCRETO COMO SUBSTITUTO DA CAL HIDRATADA PARA PRODUÇÃO DE ARGAMASSAS DE REVESTIMENTO

Resumo

RESUMO: A construção civil tem sido reconhecida como uma atividade responsável por grande degradação ambiental. Assim, a maior sustentabilidade nesse setor da economia pode ser melhorada através da adoção de “tecnologias limpas”, de forma a minimizar os impactos ambientais em termos de geração de resíduos e consumo de energia e materiais tradicionais. Ainda pouco estudada, a utilização da lama residual de concreto (LRC) como material alternativo para produção de argamassas pode ser uma alternativa viável. Assim sendo, o presente artigo tem como objetivo avaliar o desempenho mecânico de argamassas produzidas com a lama residual de concreto seca (LRC-S) como substituto total e parcial da cal hidratada, avaliando o seu comportamento por meio de ensaios de consistência, resistência à tração na flexão e à compressão, absorção de água por capilaridade e densidade. No estado fresco, foi constatado que a utilização da LRC-S possui um impacto negativo na trabalhabilidade das argamassas, sobretudo para taxas de substituição superiores a 75%, em massa. Por outro lado, a substituição da cal hidratada, em até 50% em massa, se mostra viável, apresentando propriedades mecânicas equivalentes ao traço tomado como referência.

ABSTRACT: Civil construction has been recognized as an activity responsible for major environmental degradation. Therefore, greater sustainability in this sector of the economy can be improved by adopting “clean technologies” to minimize environmental impacts in terms of waste generation and energy and material consumption. Still little studied, the use of concrete sludge waste (CSW) as an alternative material for the production of mortars can be a viable alternative. The purpose of this study is to evaluate the mechanical performance of mortars produced with dry sludge as a total and partial substitute for hydrated lime, evaluating its behavior through tests of consistency, flexural strength and compression, water absorption by capillarity and density. In the fresh state, it was found that the use of CSW has a negative impact on the workability of mortars, especially for replacement rates above 75% by mass. On the other hand, the substitution of hydrated lime, up to 50% by mass, is feasible, presenting mechanical properties equivalent to the mix taken as reference.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Walter Batista Bonfim, Escola de Engenharia Civil e Ambiental da Universidade Federal de Goiás (EECA/UFG)
Formação: Engenheiro Civil Titulação: Bacharel em Engenharia Civil Função: Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Modelagem e Otimização Instituição:  Universidade Federal de Goiás
Igor Mazon Carvalho, Universidade Federal de Goiás

Engenheiro civil, graduado pela Universidade Federal de Goiás – UFG

Heber Martins de Paula, Universidade Federal de Goiás

Professor do Curso de Engenharia Civil da Universidade Federal de Goiás - Campus Catalão. 

Formação: Engenheiro Civil Titulação: Doutor em Engenharia Civil Função: Professor do Programa de Pós-Graduação em Modelagem e Otimização Instituição:  Universidade Federal de Goiás
Publicado
20-09-2019
Como Citar
Bonfim, W. B., Carvalho, I. M., & de Paula, H. M. (2019). USO DE LAMA RESIDUAL DE CONCRETO COMO SUBSTITUTO DA CAL HIDRATADA PARA PRODUÇÃO DE ARGAMASSAS DE REVESTIMENTO. REEC - Revista Eletrônica De Engenharia Civil, 15(2), 75-87. https://doi.org/10.5216/reec.v15i2.59249