IDENTIFICAÇÃO DE PERDAS POR IMPROVISAÇÃO EM CANTEIROS DE OBRAS

Autores

  • Tatiana Gondim do Amaral Escola de Engenharia Civil e Ambiental da Universidade Federal de Goiás (EECA/UFG) https://orcid.org/0000-0002-9746-4025
  • Camila Mariana Brandão UFG
  • Karinny Vieira Elias UFG
  • Pedro Boaratti Braga Escola de Engenharia Civil e Ambiental da Universidade Federal de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.5216/reec.v15i1.54562

Resumo

RESUMO:  O making-do se destaca porque representa um potencial para gerar outras perdas, como redução de segurança, problemas de qualidade, produtividade e retrabalho. O principal objetivo da pesquisa é analisar e investigar as perdas por making-do, relacionadas à de gestão da produção de três empresas de Goiânia, com a finalidade de identificar as categorias de perda e seus possíveis impactos. A pesquisa é classificada como quantitativa e qualitativa, também como aplicada e exploratória. Com base nisso, foram analisados dados durante as visitas técnicas em cada obra, dentre as quais se destaca a observação direta não participante, a aplicação de questionário e a análise documental. Em acréscimo foram realizados registros fotográficos das atividades produtivas com ocorrência de perdas, além da análise da organização do canteiro de obras dos empreendimentos em estudo. Os resultados deste estudo indicaram que a maioria das improvisações está relacionada ao planejamento de curto prazo, logística e projetos. No entanto, os impactos mais importantes desses tipos de perdas são a necessidade de retrabalho e perda de material. Como resultados detaca-se a importância do estudo das perdas relacionadas ao making-do, uma vez que gera outros tipos de perdas, e vai além do desperdício de materiais, evidenciando-se questões relacionadas à saúde e segurança da mão de obra e impactos no processo de produção como um todo.

ABSTRACT: The making-do stands out because it represents a potential to generate other losses, such as security reduction, quality problems, productivity and rework. The main objective of the research is to analyze and investigate the losses by making-do, related to the management of the production of three companies of Goiânia, for the purpose of identifying the categories of loss and their possible impacts. The research is classified as quantitative and qualitative, also as applied and exploratory. Based on this, data were analyzed during the technical visits in each work, among which stands out the non-participant direct observation, the application of questionnaire and the documentary analysis. In addition, photographic records of the productive activities with the occurrence of losses were carried out, in addition to the analysis of the organization of the construction site of the projects in study. The results of this study indicated that most improvisations are related to short-term planning, logistics and projects. However, the most important impacts of these types of losses are the need for rework and loss of material. As a result, the importance of the study of the losses related to the making-do stands out, since it generates other types of losses, and goes beyond the waste of materials, evidencing issues related to the health and safety of the workforce and impacts in the process of Production as a whole.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tatiana Gondim do Amaral, Escola de Engenharia Civil e Ambiental da Universidade Federal de Goiás (EECA/UFG)

Escola de Engenharia Civil e Ambiental da Universidade Federal de Goiás (EECA/UFG)

Pedro Boaratti Braga, Escola de Engenharia Civil e Ambiental da Universidade Federal de Goiás

Graduando em Engenharia Civil na Escola de Engenharia Civil e Ambiental da Universidade Federal de Goiás – UFG.

Downloads

Publicado

28-06-2019

Como Citar

Amaral, T. G. do, Brandão, C. M., Elias, K. V., & Braga, P. B. . (2019). IDENTIFICAÇÃO DE PERDAS POR IMPROVISAÇÃO EM CANTEIROS DE OBRAS. REEC - Revista Eletrônica De Engenharia Civil, 15(1), 245–260. https://doi.org/10.5216/reec.v15i1.54562

Edição

Seção

Construção Civil