CAPACIDADE DE CARGA DE FUNDAÇÕES E VERIFICAÇÃO DE RECALQUES A PARTIR DE PARÂMETROS DO ENSAIO PANDA 2 E DE OUTROS ENSAIOS IN SITU

Resumo

RESUMO: O presente trabalho tem como objetivo comparar a capacidade de carga de fundações rasas, tipo sapata, usando os valores de resistência à penetração dinâmica do ensaio PANDA 2 em solo tropical compactado, em substituição aos parâmetros obtidos pelos ensaios CPT e SPT, que implementam os métodos de dimensionamento tradicionais, bem como de fundações profundas, tipo estaca. Além disso, o trabalho abrange a análise do recalque em cada uma das situações propostas. A comparação foi feita a partir do cálculo da capacidade de carga de sapata e de estaca de dimensões predefinidas por meio de métodos teóricos e semi-empíricos. Os resultados para uso do PANDA 2 foram satisfatórios, apresentando pouca variabilidade quando comparado ao uso do SPT e CPT para dimensionamento de fundações no solo estudado. Quanto aos recalques, como esperado, o recalque previsto para a estaca foi relativamente menor que o recalque para a sapata. A principal contribuição deste trabalho foi a aplicação de nova tecnologia disponível para investigação geotécnica de campo, o ensaio Panda 2, em métodos de cálculos de previsão de capacidade de carga e de recalque de fundações.

ABSTRACT: This study aims to compare the load capacity of shallow and deep foundations, spread footing and piles, using dynamic penetration resistance values of PANDA 2 test in tropical compacted soil, replacing the parameters obtained by CPT and SPT that implement the traditional methods of capacity of design load. Furthermore, this research includes also the settlements analysis in each of the situations proposed. The comparison of the load capacity of footing and pile with predefined dimensions was made through theoretical and semi-empirical methods. The PANDA 2 results use were satisfactory, with little variability when compared to SPT and CPT use for foundations design in the studied soil. With regard to settlements, as expected, the settlement for pile was relatively lower than the settlements on footing. The main contribution of this paper was the practical application of Panda 2 results use, through methods of estimate foundations load capacity and settlements.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
15-09-2017
Como Citar
Tonhá, A., & Angelim, R. (2017). CAPACIDADE DE CARGA DE FUNDAÇÕES E VERIFICAÇÃO DE RECALQUES A PARTIR DE PARÂMETROS DO ENSAIO PANDA 2 E DE OUTROS ENSAIOS IN SITU. REEC - Revista Eletrônica De Engenharia Civil, 14(1). https://doi.org/10.5216/reec.v14i1.42593
Seção
Geotecnia