Comparação entre as distribuições normal e de Weibull para análise da resistência à compressão do concreto (doi:10.5216/reec.v9i3.28814)

  • Paulo Eduardo Teodoro
  • Jorge Michael Colman
  • Matheus Piazzalunga Neivock
  • Gilson Secco Riva
  • Sidiclei Formagini

Resumo

RESUMO: O projeto de estruturas de concreto possui uma modelagem matemática de natureza bastante subjetiva. Portanto, objetivou-se com esta pesquisa verificar se as distribuições Normal e de Weibull podem ser aplicadas aos dados resistências à compressão do concreto pronto, agrupados comercialmente. O estudo foi realizado durante o ano de 2011 na cidade de Campo Grande/MS. A resistência à compressão foi avaliada em ensaios de 189 amostras aos 28 dias a partir de diferentes construções de concreto armado realizados na cidade. Os ensaios ocorreram conforme prescrito pela NBR 5739 (ABNT, 2007). Para quantificar o grau em que a distribuição Normal e de Weibull se ajustaram os dados experimentais foram utilizados três testes de adequação: qui-quadrado, Anderson-Darling e Kolmogorov-Smirnov. Com base no presente estudo, a distribuição Weibull pode ser aplicada aos dados de resistência à compressão para concreto. Isto sugere que, apesar de os complexos processos envolvidos na falha de compressão para um material compósito quase frágil como o concreto, um modelo de força estatística é eficaz. Além disso, ao comparar os testes de ajuste, há grande diferença prática entre as distribuições Normal e de Weibull. Esta informação é uma importante adição experimental para a literatura científica no que diz respeito à ruptura de materiais “semi-frágeis”. ABSTRACT: The design of concrete structures and their mathematical modeling is rather subjective in its nature. Therefore, it is the purpose of this study to see whether the Weibull or Normal distributions can be applied to the compressive strengths of commercially batched ready-mixed concrete. The study was conducted during the year 2011 in the city of Campo Grande / MS. The compressive strength was evaluated in 189 test samples at 28 days from different concrete constructions conducted in the city. The trials took place as prescribed by NBR 5739 (ABNT, 2007). To quantify the degree to which the proposed Weibull and Normal distributions fit the experimental data were utilized three goodness of fit tests: chi-squared, Anderson–Darling, and Kolmogorov–Smirnov. Based on the present investigation, the Weibull distribution can be applied to compressive strength data for concrete. This suggests that, despite the complex processes involved in compression failure for a quasi-brittle composite material like concrete, a statistic strength model is possible. Furthermore, in comparing the goodness-of-fit, there is large practical difference between the Weibull and Normal distributions. The information is an important experimental addition to the body of knowl- edge regarding the failure of quasi-brittle materials.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
19-11-2014
Como Citar
Teodoro, P. E., Colman, J. M., Neivock, M. P., Riva, G. S., & Formagini, S. (2014). Comparação entre as distribuições normal e de Weibull para análise da resistência à compressão do concreto (doi:10.5216/reec.v9i3.28814). REEC - Revista Eletrônica De Engenharia Civil, 9(3). https://doi.org/10.5216/reec.v9i3.28814
Seção
Estruturas