Efeito da variação da espessura do revestimento no desempenho de pavimentos flexíveis avaliados pelo MEPDG (D.O.I.: 10.5216/reec.v7i2.26519)

  • Nayara Donelli Pelisson Universidade Estadual de Londrina
  • José Leomar Fernandes Júnior Universidade de São Paulo – EESC-USP
  • Carlos Alberto Prado da Silva Júnior Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE
  • Heliana Barbosa Fontenele Universidade Estadual de Londrina

Resumo

RESUMO: O dimensionamento de pavimentos de rodovias e de vias urbanas (expressas, arteriais ou coletoras) tem sido realizado em bases empíricas, que apresentam sérias limitações, pois seus resultados são válidos somente para os mesmos, ou muito similares, fatores intervenientes que prevaleciam quando do seu desenvolvimento, há 50 anos. Dessa forma, a AASHTO propôs um novo método para o projeto de pavimentos, cuja base é empírico-mecanística. Tal método, conhecido inicialmente como AASHTO 2002, utiliza para o dimensionamento e previsão do desempenho, os espectros de carga por eixo dos veículos comerciais de carga, além de informações detalhadas sobre o clima e materiais das camadas. No presente trabalho foi realizada uma análise de sensibilidade para investigar o efeito que a variação das espessuras do revestimento acarreta nas respostas estruturais do pavimento flexível, bem como na previsão do seu desempenho. Assim, foram feitas simulações com o programa computacional MEPDG utilizando-se espectros de carga desenvolvidos por Fontenele (2011), cujos resultados quantificam a magnitude dos efeitos causados pelos fatores selecionados e suas interações sobre o desempenho final do pavimento e podem, portanto, contribuir para o aperfeiçoamento do dimensionamento de pavimentos e para a diminuição dos insucessos caracterizados pela deterioração precoce de pavimentos rodoviários e urbanos. ABSTRACT: The pavement design of highways and urban roads (freeways, arterials or collectors) has been performed on empirical basis, which present serious limitations, because their results are just valid for the same, or very similar, intervening factors that prevailed at the time of its development, more than fifty years ago. In this way, the AASHTO proposed a new method of pavements design, whose base is mechanistic-empirical. This method, which was initially known as AASHTO 2002, uses the axle load spectra of commercial vehicles for design and performance prediction, as well as detailed information about climate and layers materials. This work performed a sensitivity analysis to investigate the effect that thickness variation of bituminous layer can produce to the structural responses of flexible pavements and their effects on pavement performance. Thus, simulations were made with the computer program MEPDG using load spectra developed by Fontenele (2011) and it was quantified the effects magnitude caused by the selected factors and their interaction on the final performance of pavements. Therefore, it can contribute to the improvement of pavement design and the reduction of failures characterized by the early deterioration of highways and urban pavements.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Nayara Donelli Pelisson, Universidade Estadual de Londrina
Centro de Tecnologia e Urbanismo - CTU
José Leomar Fernandes Júnior, Universidade de São Paulo – EESC-USP
Departamento de Transportes
Carlos Alberto Prado da Silva Júnior, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE
Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas Área de Solos, Geotecnia e Transportes
Heliana Barbosa Fontenele, Universidade Estadual de Londrina
Centro de Tecnologia e Urbanismo - CTU Departamento de Construção Civil Área de Geotecnia -Transportes
Publicado
21-11-2013
Como Citar
Pelisson, N., Fernandes Júnior, J., da Silva Júnior, C. A., & Fontenele, H. (2013). Efeito da variação da espessura do revestimento no desempenho de pavimentos flexíveis avaliados pelo MEPDG (D.O.I.: 10.5216/reec.v7i2.26519). REEC - Revista Eletrônica De Engenharia Civil, 7(2). https://doi.org/10.5216/reec.v7i2.26519
Seção
Transportes