Geoprocessamento aplicado ao monitoramento ambiental, texto: análise quantitativa de parâmetros biofísicos de bacia hidrográfica obtidos por sensoriamento remoto (D.O.I.: 10.5216/reec.v7i1.25193)

Autores

  • Evaldo de Melo Ferreira Escola de Agronomia, Universidade Federal de Goiás.

DOI:

https://doi.org/10.5216/reec.v7i1.25193

Resumo

RESUMO: O sensoriamento remoto é uma das ferramentas aliadas do monitoramento ambiental, onde por meio de imagens de satélite, as queimadas, áreas de risco e, também, unidades de conservação podem ser acompanhadas. O Geoprocessamento é uma ciência que quando utilizada, torna-se útil para gestores e pesquisadores que estudam o planejamento ambiental. O objetivo do presente trabalho foi avaliar o estado da arte da ciência relacionada à Geoprocessamento e Sensoriamento Remoto. Diversos artigos científicos foram consultados, sendo o foco principal, o trabalho “Análise quantitativa de parâmetros biofísicos de bacia hidrográfica obtidos por sensoriamento remoto” de autoria de OLIVEIRA et al. (2012). Nessa investigação técnico-científica, foram avaliados quantitativamente os parâmetros biofísicos – albedo, Enhanced Vegetation Index (EVI), e Tsup-Temperatura superficial, por meio de técnicas de sensoriamento remoto orbital, para a área de abrangência da Bacia do Rio Tapacurá, PE. Os autores utilizaram como método, as imagens do Landsat 5, essas foram registradas pela correção geométrica polinomial de primeira ordem. Foram realizadas as etapas de calibração radiométrica, reflectância, albedo planetário e transmissividade e, subsequentemente, geraram-se cartas temáticas de albedo e de temperatura da superfície, e do índice de vegetação melhorado (“enhanced vegetation index”, EVI). Os autores nos dizem que o albedo da superfície apresentou valores médios crescentes entre as imagens obtidas em 1989 e 2005, o que indica expansão territorial urbana. ABSTRACT: Remote sensing is one of the tools allied environmental monitoring, where by means of satellite images, fires, hazardous areas, and also protected areas can be monitored. The GIS is a science that when used, it is useful to managers and researchers studying environmental planning. The objective of this study was to evaluate the state of the art of science related to GIS and Remote Sensing. Several papers have been consulted, being the main focus, the paper "Quantitative analysis of biophysical parameters of watershed obtained by remote sensing", published by OLIVEIRA et al. (2012). In this technical and scientific research, were evaluated quantitatively biophysical parameters - albedo, Enhanced Vegetation Index (EVI), and TSHA-surface temperature by means of remote sensing techniques for the catchment area of the River Basin Tapacurá, PE. The authors used as a method, a Landsat 5, these were recorded for the geometric correction of the first order polynomial. Were performed, radiometric calibration, reflectance, planetary albedo and transmissivity and subsequently were generated thematic maps of albedo and surface temperature, and the enhanced vegetation index ("enhanced vegetation index", EVI). The authors tell us that the surface albedo showed values increasing between images acquired in 1989 and 2005, which indicates urban territorial expansion.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Evaldo de Melo Ferreira, Escola de Agronomia, Universidade Federal de Goiás.

Graduado em Saneamento Ambiental pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás (IFG - 2012), cursa Mestrado em Agronomia (Solo e Água - UFG), e Pós-Graduação Lato Sensu em Planejamento e Gestão Ambiental (UFG). Atua nas áreas de monitoramento da qualidade da água, e manejo sustentável do solo.

Downloads

Publicado

07-11-2013

Como Citar

Ferreira, E. de M. (2013). Geoprocessamento aplicado ao monitoramento ambiental, texto: análise quantitativa de parâmetros biofísicos de bacia hidrográfica obtidos por sensoriamento remoto (D.O.I.: 10.5216/reec.v7i1.25193). REEC - Revista Eletrônica De Engenharia Civil, 7(1). https://doi.org/10.5216/reec.v7i1.25193

Edição

Seção

Saneamento e Ambiente