Desenvolvimento de um instrumento para avaliação da condição de estradas não pavimentadas (D.O.I.: 10.5216/reec.v7i1.21413)

Autores

  • Heliana Barbosa Fontenele Universidade Estadual de Londrina
  • José Leomar Fernandes Júnior Escola de Engenharia de São Carlos - EESC/USP

DOI:

https://doi.org/10.5216/reec.v7i1.21413

Resumo

RESUMO: As estradas não pavimentadas representam um importante papel no desenvolvimento socioeconômico de uma região, sendo responsáveis pelo escoamento agrícola e a integração entre o campo e a cidade através do acesso da comunidade rural aos serviços de saúde, educação e lazer. Infelizmente, essas estradas se deterioram mais rapidamente que as estradas pavimentadas, tornando necessária uma frequente manutenção que, geralmente, é feita de forma empírica e incorreta, implicando, por sua vez, em altas taxas de deterioração e, consequentemente, numa sequencia de custos aos usuários, que variam de acordo com as características da superfície. Tendo em vista o exposto, este trabalho tem como objetivo contribuir ao procedimento de avaliações subjetivas executadas em tais estradas com vistas à aplicação em um sistema de gerência, permitindo, dessa maneira, que as seções que precisam de melhorias sejam conhecidas e priorizadas. Utilizam-se, nesta pesquisa, escalas visuais, elaboradas com auxílio de especialistas, para medir as características referentes a conforto, conveniência e, principalmente, custos, tanto para os usuários como para os organismos públicos responsáveis pela manutenção e reabilitação da malha viária. Foram utilizadas fotografias de trechos de estradas de terra representativos de cada posição na escala de classificação adotada para a avaliação superficial e, após a elaboração da escala, foram formados dois painéis de avaliadores. A um deles foi fornecido um treinamento detalhado, utilizando a escala visual elaborada, e ao outro foram repassadas apenas informações básicas sobre o processo de avaliação. Ambos os painéis avaliaram fotografias de variadas condições de estradas e as classificaram para que fosse avaliada a influência exercida pelo treinamento no julgamento da qualidade superficial das estradas. Concluiu-se que ambas as formas de avaliação, com ou sem treinamento, podem ser utilizadas, pois a coerência oriunda da avaliação com ambos os procedimentos foram muito próximas. ABSTRACT: The unpaved roads represent an important role in social and economical development of a region, being responsible for agricultural flow and the integration between countryside and city through rural community to health, education and recreation services. Unfortunately, these roads deteriorate faster than paved roads, being necessary a frequent maintenance that, usually, is dine in an incorrect and empirical way, causing elevated deterioration rates and consequently in a sequence of costs to the users, that varies according to superficial characteristics. In front of the exposed, this work has the objective to contribute to subjective ratings proceedings executed on such roads to aim the management of systems allowing that the sections that need improvement are known and prioritized. In this research they were used visual scales elaborated with aid of specialists to measure comfort, convenience and costs characteristics as much for the users as for the highway agencies responsible for management and rehabilitation of road net. Pictures of unpaved roads sections representing each position of subjective rating scale, and after the scale elaboration were formed two panels of raters. To one of them a detailed training was supplied using the visual scale and to the other panel were passed only basic information about the rating process. Both panel rated pictures of diverse roads conditions and qualified them to evaluate the influence training on judgment of roads superficial quality. It was conclude that both the evaluation forms, with or without training, could be used, therefore the deriving coherence in both procedures was very adjacent.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Heliana Barbosa Fontenele, Universidade Estadual de Londrina

Centro de Tecnologia e Urbanismo - CTU Departamento de Construção Civil Área de Geotecnia -Transportes

Downloads

Publicado

18-06-2013

Como Citar

Fontenele, H. B., & Fernandes Júnior, J. L. (2013). Desenvolvimento de um instrumento para avaliação da condição de estradas não pavimentadas (D.O.I.: 10.5216/reec.v7i1.21413). REEC - Revista Eletrônica De Engenharia Civil, 7(1). https://doi.org/10.5216/reec.v7i1.21413

Edição

Seção

Transportes