Pesca coletiva com timbó do povo Karajá

Autores

  • Daniel Bidjawari Karajá Universidade Federal de Goiás (UFG), Goiânia, Goiás, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.5216/racs.v4i0.58356

Palavras-chave:

Pescaria, Reza, Tradição, Timbó

Resumo

O artigo tem como base o conhecimento oral que se fundamenta em mito, história e acontecimento que revelam vários conhecimentos, envolvendo a realidade vivida por meu povo. Este trabalho é fruto de uma pesquisa que envolve o povo Karajá, em geral, Karajá do norte e Karajá do sul, e aborda a pesca coletiva com timbó do povo Karajá, iny axina. Aborda assuntos que envolvem a pescaria, em geral, como rezas, rituais, cerimonia e resguardo, principalmente o conceito de pesca dentro do ciclo que esse povo segue, cada pesca no seu devido tempo. O sucesso dessa pesca depende da organização, liderança perante esse acontecimento, tem como apoio o chefe da aldeia que também tem participação importante, nesse acontecimento, na comunidade Karajá

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniel Bidjawari Karajá, Universidade Federal de Goiás (UFG), Goiânia, Goiás, Brasil

Graduado em Educação Intercultural, habilitação em Ciências da Linguagem, do Núcleo Takinahak? de Formação Superior Indígena (NTFSI) da Universidade Federal de Goiás (UFG). Pesquisador da Ação “Saberes Indígenas na Escola”, Rede UFG/UFT/UFMA. Professor da Educação Básica. Escola Estadual Indígena Hawalòra. Aldeia Hawalòra, Santa Terezinha, MT, Brasil.

Downloads

Publicado

25-07-2019

Como Citar

Bidjawari Karajá, D. (2019). Pesca coletiva com timbó do povo Karajá. Articulando E Construindo Saberes, 4. https://doi.org/10.5216/racs.v4i0.58356