Cultura se faz brincando: um estudo sobre as brincadeiras de crianças na cultura Gavião

Autores

  • Luciana de Oliveira Dias
  • Leonice Cardoso Gavião

DOI:

https://doi.org/10.5216/racs.v3i1.55394

Palavras-chave:

Cultura, Brincadeiras, Povo Gavião

Resumo

O presente texto resulta da experiência de realização de um estágio supervisionado, do Comitê Gavião-Timbira, na Escola Indígena Pýr Creh’ Creht, localizada na Aldeia Riachinho, no Maranhão. Um estudo das brincadeiras na cultura gavião foi o tema contextual escolhido para a realização das aulas. O objetivo com a seleção da temática foi trabalhar com estudantes e demais moradores da aldeia sobre alguns processos de interação sociocultural, com destaque para a importância das brincadeiras na cultura gavião. Como resultado, alcançamos reflexões que evidenciam que, além de momentos de descontração, alegria e lazer, as brincadeiras são também locus de ensino, aprendizagem e revitalização da própria cultura de um povo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

11-10-2018

Como Citar

Dias, L. de O., & Gavião, L. C. (2018). Cultura se faz brincando: um estudo sobre as brincadeiras de crianças na cultura Gavião. Articulando E Construindo Saberes, 3(1). https://doi.org/10.5216/racs.v3i1.55394