O CICLO DE VIDA DA CRIANÇA TAPUIA

Autores

  • Adriana Rosário da Silva
  • Daiane Aparecida Ferreira dos Santos
  • Eunice da Rocha Moraes Rodirgues
  • Gracilene Chaves de Moraes
  • Silma Aparecida da Silva Costa

DOI:

https://doi.org/10.5216/racs.v2i1.49031

Resumo

RESUMO

O povo Tapuia do Carretão residente nos municípios de Rubiataba e
Nova América-Goiás é descendente de três povos indígenas, sendo eles
Karajá, Xavante e Kaiapó, incluindo negros e brancos. Após muitos anos
dessa miscigenação, o nosso povo adquiriu vários costumes vindos desses diferentes povos. Muito se discute sobre a aprendizagem das crianças, como e com quem elas aprendem. Na nossa comunidade podemos observar que cada família tem seus costumes e tradições diferentes, e predomina mais cada Tronco indígena de que a família é descendente. Em cada fase da vida da criança ela aprende com as pessoas que estão ao seu redor. Mas podemos notar que depende de cada família, pois cada um tem a sua particularidade. Em algumas famílias pode-se notar que a mãe ou o pai pegam mais as responsabilidades do ensinamento sendo em algumas famílias a mãe e em outras o pai. O aprendizado da vida do povo Tapuia é contínuo, pois é algo  que você nunca deixa de adquirir. Se estamos mais velhos, aprendemos  com nossos filhos e netos. Aprendemos com pessoas amigas, com a família, com os nossos anciões, com os nossos caciques, com as nossas lideranças. Aprendemos a valorizar nossas culturas e tradições, a dar valor aos ensinamentos que nossas avós e bisavós nos deixaram. Portanto, cada experiência vivida é muito importante na formação da pessoa, embora possa se perceber que o ciclo mais significativo seria a fase da velhice que é onde muitas experiências foram vividas e se tem oportunidade de repassá-las adiante, e onde se adquire muito conhecimento. Por isso os (as) velhos (as) Tapuia são sempre visto (as) com respeito e admiração, seguidos logo após pela fase do útero e da primeira infância, pois são os ciclos nos quais a criança está em um contato mais direto com o mundo, começando a aprender cores e sabores e formando-se intelectualmente e  sentimentalmente. Isso irá refletir na vida adulta até a velhice. Cada fase  tem sua particularidade e individualidade. Basta respeitarmos todos que aprenderemos com cada uma, porque todas têm seu valor especial e cada fase de transição tem sua identidade, sua atitude e seu tempo de desabrochar.

Palavras chave: Povo Tapuia. Ciclo de vida da criança. Família, anciãos
e lideranças.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

29-08-2017

Como Citar

Silva, A. R. da, Santos, D. A. F. dos, Rodirgues, E. da R. M., Moraes, G. C. de, & Costa, S. A. da S. (2017). O CICLO DE VIDA DA CRIANÇA TAPUIA. Articulando E Construindo Saberes, 2(1). https://doi.org/10.5216/racs.v2i1.49031