PERFIL COMUNICATIVO DE ESCOLARES COM NECESSIDADES ESPECIAIS: BASE PARA ASSESSORIA EDUCACIONAL

Autores

  • Ana Candida Schier Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP), Marília, São Paulo, Brasil, acsm.fono@gmail.com
  • Karen Regiane Soriano Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (UNESP), Marília, São Paulo, Brasil, karenrsoriano@yahoo.com.br https://orcid.org/0000-0003-3109-4436
  • Jáima Pinheiro de Oliveira Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (UNESP) Marília, São Paulo, Brasil, jaima@marilia.unesp.br

DOI:

https://doi.org/10.5216/rppoi.v18.36065

Resumo

O objetivo desse estudo foi traçar o perfil comunicativo de alunos que frequentavam escolas especial e regular, com foco para intervenções junto ao processo de ensino-aprendizagem. Participaram da pesquisa nove escolares, com idade entre sete e quinze anos, sendo seis meninos e três meninas. Sobre os diagnósticos, verificou-se: Paralisia Cerebral (5), Síndrome de Down (3), Atraso Global de Desenvolvimento (1). Os dados indicaram algumas necessidades: início de ações relacionadas à identificação de vocabulário funcional, em ambientes domiciliar e escolar, para implementação de Comunicação Alternativa e/ou Suplementar; suporte em relação aos aspectos de aquisição de linguagem oral; adaptações curriculares; orientações sobre o ingresso de indivíduos no ensino regular. Os dados indicaram também uma regularidade no início das ações necessárias. Para os indivíduos com Paralisia Cerebral, iniciou-se com a Comunicação Alternativa e/ou Suplementar, independentemente do ambiente (familiar e/ou escolar). Quanto aos indivíduos com Síndrome de Down, o suporte inicial deveria favorecer o uso funcional da linguagem, por meio de observações em ambientes específicos de interação. Os resultados permitiram considerar, por fim, que uma atenção especial deve ser dada à variabilidade do processo de aquisição de linguagem, diante de diagnósticos semelhantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Candida Schier, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP), Marília, São Paulo, Brasil, acsm.fono@gmail.com

Doutoranda em Estudos Linguísticos pelo Instituto Biociências, Letras e Ciências Exatas (INILCE) da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP); Mestre em Fonoaudiologia pela Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC) da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP); Bolsista da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP).

Karen Regiane Soriano, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (UNESP), Marília, São Paulo, Brasil, karenrsoriano@yahoo.com.br

Mestranda da linha de Educação Especial no Brasil pelo Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Campus de Marília/SP.Especialista em Educação Especial e Inclusiva - Formação de Professores em Educação Especial: apoio à escola inclusiva - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP - Campus de Marília. Licenciatura em Pedagogia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP - Campus de Marília. Técnico em Administração pelo Centro Paulo Souza de Marília.

Jáima Pinheiro de Oliveira, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (UNESP) Marília, São Paulo, Brasil, jaima@marilia.unesp.br

Docente do Departamento de Educação Especial e do Programa de Pós Graduação em Educação Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC) da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP), Marília, SP.

Downloads

Publicado

2020-07-22

Como Citar

SCHIER, A. C.; SORIANO, K. R.; OLIVEIRA, J. P. de. PERFIL COMUNICATIVO DE ESCOLARES COM NECESSIDADES ESPECIAIS: BASE PARA ASSESSORIA EDUCACIONAL. Poíesis Pedagógica, Goiânia, v. 18, p. 1–14, 2020. DOI: 10.5216/rppoi.v18.36065. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/poiesis/article/view/36065. Acesso em: 26 jun. 2022.

Edição

Seção

ARTIGOS