20 ANOS DEPOIS DE SALAMANCA... ONDE ESTAMOS E PARA ONDE VAMOS?

Autores

  • Windyz Brazão Ferreira Universidade Federal da Paraíba

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpp.v13i1.35977

Resumo

Este artigo tem como foco o cenário da educação das pessoas com deficiência, 20anos depois de a Declaração de Salamanca da UNESCO ter lançado, em 1994, o princípio dainclusão e o movimento da educação inclusiva. Meu objetivo, neste ensaio, é o de discutirsobre o atual momento da política de inclusão escolar - Onde estamos? - e o que o futuroreserva educacionalmente para esse grupo social - Para onde vamos? - Para tanto, primeiro,trato da inclusão do estudante com deficiência na escola regular brasileira, por meio de umbreve panorama internacional do movimento da educação inclusiva pós-Salamanca. Segundo,discuto sobre o impacto dessa política educacional no sistema educacional brasileiro e comoela vem criando espaços excludentes nas escolas, apesar do discurso oficial pró-inclusão.Terceiro, com base nesse panorama, apresento minha visão acerca do futuro para estudantescom deficiência e apresento cinco fatores que demandam aprofundamento e reflexão críticapara qualificar politicamente o debate na área. Finalmente, apresento as considerações finaisdessa reflexão sobre a política de inclusão do governo federal, procurando evidenciar adesigualdade que é marca histórica do sistema educacional brasileiro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-03-29

Como Citar

FERREIRA, W. B. 20 ANOS DEPOIS DE SALAMANCA... ONDE ESTAMOS E PARA ONDE VAMOS?. Poíesis Pedagógica, Goiânia, v. 13, n. 1, p. 87–106, 2016. DOI: 10.5216/rpp.v13i1.35977. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/poiesis/article/view/35977. Acesso em: 28 maio. 2022.