“ ‘COÇA... COÇA... PULA... PULA... OLHA A PURGA!’: PRÁTICAS DE ENSINO DE LÍNGUA MATERNA NOS ANOS INICIAIS – ESBOÇANDO UM OLHAR TRANSDISCIPLINAR PARA AS RELAÇÕES ENTRE SUJEITO, LÍNGUA E IDENTIDADE, NA PERSPECTIVA DA LA”

Autores

  • Fabiana Rodrigues Carrijo Rede Municipal de Educação de Catalão-GO

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpp.v10i2.24146

Resumo

Não se pretende aqui realizar um trabalho eminentemente teórico, circunscrevendo os espaços possíveis, as diversas e sempre novas possibilidades de olhar para a LA – enquanto um campo teórico já consolidado e com pesquisas relevantes e fartamente anunciadas não só no Brasil como no mundo, trabalho este já, habilmente, realizado por linguistas aplicados de todo o país. Importa aqui, evidenciar, trazer à baila uma pesquisa em LA que promova, incite, suscite futuras indagações e traga outras leituras e desdobramentos. Nesse sentido, implica-nos trazer o local, o saber local vivenciado e colocado à prova em uma Escola Pública Municipal de Catalão/GO que atende quatorze bairros de periferia e que vivencia os problemas, as singularidades, as dificuldades de se ensinar a língua materna para aqueles alunos que, em sua maioria, têm seu primeiro e único contato com o registro da língua materna apenas e tão somente na Escola. Assim, circunscritos nos escopos teóricos da LA e de outros de seus campos de interface, entre eles, o da Pedagogia Crítica, a dos Estudos Pós-Modernos pretende-se olhar para o Ensino de Língua Materna, desta feita concebendo o professor e o aluno enquanto instâncias: a de sujeito-ensinante e de sujeito-aprendente em um processo de mão dupla.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fabiana Rodrigues Carrijo, Rede Municipal de Educação de Catalão-GO

Mestre em Linguística pela Universidade Federal de Uberlândia em 2002. Doutoranda em Estudos Linguísticos pela UFU/PPGEL e Professora da Rede Municipal de Educação de Catalão-GO

Downloads

Publicado

2013-05-11

Como Citar

RODRIGUES CARRIJO, F. “ ‘COÇA... COÇA... PULA... PULA... OLHA A PURGA!’: PRÁTICAS DE ENSINO DE LÍNGUA MATERNA NOS ANOS INICIAIS – ESBOÇANDO UM OLHAR TRANSDISCIPLINAR PARA AS RELAÇÕES ENTRE SUJEITO, LÍNGUA E IDENTIDADE, NA PERSPECTIVA DA LA”. Poíesis Pedagógica, Goiânia, v. 10, n. 2, p. 130–154, 2013. DOI: 10.5216/rpp.v10i2.24146. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/poiesis/article/view/24146. Acesso em: 22 maio. 2022.