MEMÓRIAS DE PRÁTICAS DE CLASSES MULTISSERIADAS: A PROFESSORA GERSY – NOVO HAMBURGO/RS (1940- 1969)

Autores

  • José Edimar de Souza UNISINOS - Bolsista PROEX/CAPES

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpp.v10i1.19991

Resumo

O presente estudo tem por objetivo desdobrar fatos em torno da trajetória de uma professora cuja docência ocorreu na área rural de Novo Hamburgo - RS, entre 1940-1969. O contexto em que as memórias emergem diz respeito à relação que se estabelece com a realidade no processo de reconstrução da história do ensino rural nesse município do sul do Brasil. Pretende, pois, analisar como a trajetória se entrelaça à prática docente em classes multisseriadas e possibilita compreender fragmento do ensino rural. A pesquisa, de natureza qualitativa, utiliza metodologia da História Oral valendo-se de entrevistas semi-estruturadas. O referencial teórico fundamenta-se na perspectiva da História Cultural, tendo as memórias como documento. As memórias dessa professora permitiram conhecer um pouco sobre os primórdios da escola pública em Lomba Grande, enfatizando a presença das “Aulas Públicas” e o processo de construção das Escolas Isoladas, aspecto que a singularizam como docente nessa localidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-09-10

Como Citar

SOUZA, J. E. de. MEMÓRIAS DE PRÁTICAS DE CLASSES MULTISSERIADAS: A PROFESSORA GERSY – NOVO HAMBURGO/RS (1940- 1969). Poíesis Pedagógica, Goiânia, v. 10, n. 1, p. 64–80, 2012. DOI: 10.5216/rpp.v10i1.19991. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/poiesis/article/view/19991. Acesso em: 18 maio. 2022.