PAULO FREIRE E A PRÁXIS DA PRÓPRIA VIDA: UMA INSERÇÃO POSSÍVEL NA PESQUISA INVESTIGAÇÃO/FORMAÇÃO?

Autores

  • Fátima Veiga Mendonça Rede Estadual de Ensino do Rio Grande do Sul

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpp.v8i1.12167

Resumo

O texto trata de analisar os escritos autobiográficos de Paulo Freire com vistas a contribuir com os pressupostos teórico-metodológicos da investigação-formação, baseada na tradição (auto)biográfica. Procura resgatar o conceito de práxis em Freire e a partir deste estabelecer caminhos como intuito de colaborar na construção de uma trajetória possível de formação da própria existencialidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-10-18

Como Citar

MENDONÇA, F. V. PAULO FREIRE E A PRÁXIS DA PRÓPRIA VIDA: UMA INSERÇÃO POSSÍVEL NA PESQUISA INVESTIGAÇÃO/FORMAÇÃO?. Poíesis Pedagógica, Goiânia, v. 8, n. 1, p. 19–28, 2010. DOI: 10.5216/rpp.v8i1.12167. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/poiesis/article/view/12167. Acesso em: 22 maio. 2022.