O SENTIDO LIBERAL DA CONCEPÇÃO DE LIBERDADE NO ÂMBITO DO ABSOLUTISMO POLÍTICO DE HOBBES

  • Delmo Mattos UNICEUMA UFMA
  • Edith Ramos
Palavras-chave: liberdade, direito, república, absolutismo, dominação.

Resumo

O propósito fundamental do presente artigo consiste em examinar os termos da liberdade em Hobbes, utilizando-se do sentido liberal de liberdade, por vezes atribuído ao modo como o filósofo concebe a sua posição sobre a liberdade, mediante as discussões de Quentin Skinner acerca da concepção “neorromana” de liberdade ou a liberdade republicana. Com base nesse pressuposto, pretende evidenciar como a concepção moderna de liberdade é inteiramente dependente da construção hobbesiana da “liberdade negativa”, influenciada diretamente por um debate político ocorrido na Inglaterra nos meados do século XVII. Com base nesses elementos, o cerne das discussões que serão empreendidas no presente artigo diz respeito à crítica hobbesiana à liberdade republicana como pressuposto para demonstrar o desenvolvimento da concepção moderna de liberdade. Uma vez examinada essa relação, será possível, portanto, evidenciar os aspectos marcantes do liberalismo presentes na argumentação política de Hobbes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Delmo Mattos, UNICEUMA UFMA
PPGF FILOSOFIA GAMA FILHO   GMT Detectar idiomaAfricânerAlbanêsAlemãoArabeArmênioAzerbaijanoBascoBengaliBielo-russoBirmanêsBósnioBúlgaroCatalãoCazaqueCebuanoChichewaChinês (Simp)Chinês (Trad)CingalêsCoreanoCrioulo haitianoCroataDinamarquêsEslovacoEslovenoEspanholEsperantoEstonianoFinlandêsFrancêsGalegoGalêsGeorgianoGregoGujaratiHauçaHebraicoHindiHmongHolandêsHúngaroIgboIndonésioInglêsIorubaIrlandêsIslandêsItalianoJaponêsJavanêsKannadaKhmerLaosianoLatimLetãoLituanoMacedônicoMalaialaMalaioMalgaxeMaltêsMaoriMarathiMongolNepalêsNorueguêsPersaPolonêsPortuguêsPunjabiRomenoRussoSérvioSesothoSomáliaSuaíliSudanêsSuecoTadjiqueTagaloTailandêsTâmilTchecoTelugoTurcoUcranianoUrduUzbequeVietnamitaYiddishZulu AfricânerAlbanêsAlemãoArabeArmênioAzerbaijanoBascoBengaliBielo-russoBirmanêsBósnioBúlgaroCatalãoCazaqueCebuanoChichewaChinês (Simp)Chinês (Trad)CingalêsCoreanoCrioulo haitianoCroataDinamarquêsEslovacoEslovenoEspanholEsperantoEstonianoFinlandêsFrancêsGalegoGalêsGeorgianoGregoGujaratiHauçaHebraicoHindiHmongHolandêsHúngaroIgboIndonésioInglêsIorubaIrlandêsIslandêsItalianoJaponêsJavanêsKannadaKhmerLaosianoLatimLetãoLituanoMacedônicoMalaialaMalaioMalgaxeMaltêsMaoriMarathiMongolNepalêsNorueguêsPersaPolonêsPortuguêsPunjabiRomenoRussoSérvioSesothoSomáliaSuaíliSudanêsSuecoTadjiqueTagaloTailandêsTâmilTchecoTelugoTurcoUcranianoUrduUzbequeVietnamitaYiddishZulu         A função de fala é limitada a 200 caracteres  Opções : Histórico : Comentários : DonateEncerrar
Publicado
09-02-2018
Como Citar
Mattos, D., & Ramos, E. (2018). O SENTIDO LIBERAL DA CONCEPÇÃO DE LIBERDADE NO ÂMBITO DO ABSOLUTISMO POLÍTICO DE HOBBES. Philósophos - Revista De Filosofia, 22(2), 81. https://doi.org/10.5216/phi.v22i2.50365
Seção
Artigos Originais