A coerção emKant e Kelsen - um estudo preliminar

  • José Nicolau Heck - Sidney A. da Silva UFG/UCG/CNPq

Resumo

A concepção Kantiana do direito e a teoria pura do direito de Kelsen se destacam pela racionalidade com que a respectiva posição normativa é concebida e articulada.A presente contribuição examina o peso teórico que a coercibilidade jurídica adquire em ambas as ciências do direito.O artigo objetiva estabelecer as fronteiras programáticas entre o formalismo jurídico dos dois filósofos do direito.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
05-09-2010
Como Citar
Heck - Sidney A. da Silva, J. (2010). A coerção emKant e Kelsen - um estudo preliminar. Philósophos - Revista De Filosofia, 5(1), 95-118. https://doi.org/10.5216/phi.v5i1.11327
Seção
Artigos Originais