SISTEMA RADICULAR DO ARROZ DE TERRAS ALTAS SOB DEFICIÊNCIA HÍDRICA

  • Cleber Morais Guimarães Embrapa Arroz e Feijão
  • Luís Fernando Stone Embrapa Arroz e Feijão
  • Jaison Pereira de Oliveira Embrapa Arroz e Feijão
  • Paulo Hideo Nakano Rangel Embrapa Arroz e Feijão
  • Camilla Alves Pereira Rodrigues Universidade Católica de Goiás
Palavras-chave: Cultivares de arroz, seleção para tolerância à seca, temperatura das folhas, densidade de raízes

Resumo

A morfologia do sistema radicular é uma das características importantes na tolerância de plantas à deficiência hídrica. Assim, objetivou-se verificar aspectos morfológicos de importância, quanto à tolerância à deficiência hídrica do sistema radicular de cultivares de arroz de terras altas, cultivadas sob deficiência hídrica, em condições de casa-de-vegetação, para discriminar linhagens para regiões com distribuição irregular de chuvas. Para tanto, foram semeadas 37 cultivares com ampla variabilidade genética, em tubos de PVC (25 cm de diâmetro e 80 cm de altura) com solo, submetidas, após a emissão das panículas, a dois regimes hídricos: sem e com deficiência hídrica (reposição de, aproximadamente, 50% da água evapotranspirada). A densidade radicular foi avaliada na colheita dos grãos (de 20 cm em 20 cm), da superfície até 80 cm de profundidade, tendo as cultivares diferido quanto a esta característica. As cultivares Muruim Branco, Cano Roxo, Amarelão/Douradão e Arroz Agulhinha apresentaram alta densidade radicular, tanto sob deficiência como sob adequada disponibilidade hídrica. A densidade radicular de cultivares de arroz de terras altas, avaliada em colunas de solo, se relacionou, positivamente, com a tolerância à deficiência hídrica destas cultivares, em condições de campo. Esta metodologia constitui-se em importante ferramenta de fenotipagem, para tolerância à deficiência hídrica em arroz.

PALAVRAS-CHAVE: Cultivares de arroz; seleção para tolerância à seca; temperatura das folhas; densidade de raízes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cleber Morais Guimarães, Embrapa Arroz e Feijão
Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Viçosa (1973) , mestrado em Crop Physiology pela Mississippi State University (1979) e doutorado em Biologia Vegetal pela Universidade Estadual de Campinas (1992) . Atualmente é Pesquisador III da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Tem experiência na área de Agronomia , com ênfase em Fitotecnia. Atuando principalmente nos seguintes temas: Potencial da agua Resistência difusiva Temperatura.
Luís Fernando Stone, Embrapa Arroz e Feijão
Luis Fernando Stone é formado em Agronomia pela Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel, Pelotas, RS, concluindo o curso em 1972. Concluiu o mestrado em Engenharia Civil (Recursos Hídricos) pelo Centro de Ciências e Tecnologia da UFPB, Campina Grande, PB, em 1976, e concluiu o doutorado em Agronomia (Solos e Nutrição de Plantas) [Esalq] pela Universidade de São Paulo em 1983. Atualmente é Pesquisador A da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária e Professor convidado da Universidade Federal de Goiás. Exerceu por três mandatos o cargo de Chefe Adjunto de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa Arroz e Feijão. Publicou 96 artigos em periódicos especializados, 151 trabalhos em anais de eventos e 62 outras produções bibliográficas. Possui 55 capítulos de livros e 18 livros publicados. Participou de 3 eventos no exterior e 132 no Brasil. Orientou 2 dissertações de mestrado e 2 teses de doutorado e co-orientou 2 dissertação de mestrado e 4 teses de doutorado, além de ter orientado 2 trabalhos de iniciação científica e 8 de outra natureza nas áreas de Agronomia e Engenharia Agrícola. Atualmente orienta 1 tese de doutorado. Participou em 24 bancas de trabalhos de conclusão. Recebeu 2 prêmios. Coordenou 14 projetos de pesquisa e coordena atualmente 2 projetos de pesquisa. É líder do Grupo de Pesquisa Plantio Direto - Arroz e Feijão, do CNPq, desde 2000, e membro suplente do Comitê de Assessoramento em Engenharia Agrícola do CNPq desde 07/2007. Atua na área de Engenharia Agrícola, com ênfase em Irrigação e Drenagem. Em suas atividades profissionais interagiu com 227 colaboradores em co-autorias de trabalhos científicos. Em seu currículo Lattes os termos mais freqüentes na contextualização da produção científica, tecnológica e artístico-cultural são: Oryza sativa, Phaseolus vulgaris, plantio direto, irrigação, tensiômetro, consumo de água, densidade do solo, adubação, porosidade do solo e grade aradora.
Jaison Pereira de Oliveira, Embrapa Arroz e Feijão
Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Goiás (1992), mestrado em Agronomia pela Universidade Federal de Goiás (1997) e doutorado em Agronomia, área de concentração genética e melhoramento de plantas (2003) pela Universidade Federal de Goiás (2003). Atualmente é pesquisador A na Embrapa Arroz e Feijão, área de melhoramento de plantas (arroz e feijão) e análise de dados e estatística . Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em genética e Melhoramento de plantas, atuando principalmente nos seguintes temas: milho e soja visando qualidade nutricional (proteína, óleo, ácidos graxos e aminoácidos), analise físico-químico em grãos e alimentos, estatística e controle de qualidade.
Paulo Hideo Nakano Rangel, Embrapa Arroz e Feijão
Possui graduação em Engenheiro Agronômo pela Faculdade de Ciências Agrárias do Pará (1974) , mestrado em Genética e Melhoramento pela Universidade Federal de Viçosa (1979) e doutorado em Genética e Melhoramento de Plantas pela Universidade de São Paulo (1990) . Atualmente é Pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Tem experiência na área de Agronomia , com ênfase em Fitotecnia. Atuando principalmente nos seguintes temas: Arroz, Genética, Melhoramento, Ganhos por seleção.
Camilla Alves Pereira Rodrigues, Universidade Católica de Goiás
Bióloga especialista em Microbiologia Aplicada ao Laboratório Clínico. Tem experiência na área de Microbiologia com ênfase em Laboratorio de Análises de Alimentos e em Análises Clínica. Conclusão de estágio no Laboratório de Controle de Qualidade de Alimentos da Faculdade de Fámácia, seção de Análises Microbiológicas de Alimentos-LCQ/FF/ UFG; Laboratório Rômulo Rocha da Faculdade de Fámácia, seção de Microbiologia -LRR/FF/ UFG e no Laboratório de Microbiologia do Hospital das Clinicas, HC/UFG. Atualmente, professora contratada do Colégio Atual.
Publicado
30-03-2011
Como Citar
GUIMARÃES, C. M.; STONE, L. F.; OLIVEIRA, J. P. DE; RANGEL, P. H. N.; RODRIGUES, C. A. P. SISTEMA RADICULAR DO ARROZ DE TERRAS ALTAS SOB DEFICIÊNCIA HÍDRICA. Pesquisa Agropecuária Tropical, v. 41, n. 1, p. 126-134, 30 mar. 2011.
Seção
Produção Vegetal