SOMA TÉRMICA PARA O SUBPERÍODO SEMEADURA-MATURAÇÃO DE FEIJÃO CV. CARIOCA EM COLORADO DO OESTE, RONDÔNIA

  • Marcelo Notti Miranda Instituto Federal de Rondônia - IFRO Campus Colorado do Oeste
  • José Holanda Campelo Júnior Universidade Federal de Mato Grosso
Palavras-chave: Phaseolus vulgaris L., feijoeiro comum, graus-dia, temperatura-base, condições físico-químicas

Resumo

Determinou-se a soma térmica, expressa em graus-dia, para o subperíodo semeadura-maturação do feijoeiro comum, cultivar Carioca. O estudo foi desenvolvido com base em dados fenológicos de experimentos de campo, realizados no período de entressafra, com o uso de irrigação, no ano de 2006, e no período de safra normal, com e sem o uso de irrigação, no ano de 2007. Os experimentos foram conduzidos no Instituto Federal de Rondônia (IFRO), no município de Colorado do Oeste, Estado de Rondônia. A soma dos graus-dia (GD) foi determinada utilizando-se dois métodos: o primeiro considerando-se três diferentes temperaturas-base inferiores (Tb), 10°C, 12°C e 15°C, e o segundo tomando-se as temperaturas-base inferiores 10°C, 12°C e 15°C e a temperatura-base superior (TB) de 35°C. Os valores diários da temperatura do ar foram obtidos na estação meteorológica do IFRO, instalada próxima aos locais dos experimentos. Os métodos não apresentaram diferença significativa entre si, fornecendo valores médios que variaram de 686 a 1.261,9 graus-dia, com Tb de 15°C, para o período de safra normal com irrigação, e de 10°C, para o período de entressafra, respectivamente. Pelos resultados obtidos, evidencia-se que as condições de soma térmica, para o cultivo do feijão, são favoráveis, principalmente no período de safra normal com irrigação.

PALAVRAS-CHAVE: Phaseolus vulgaris L.; feijoeiro comum; graus-dia; temperatura-base; condições físico-químicas.

 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcelo Notti Miranda, Instituto Federal de Rondônia - IFRO Campus Colorado do Oeste

Agronomia

Mestre em Ciência e Tecnologia Agroindustrial - área: tecnologia de frutas e hortaliças

Doutorando em Agricultura Tropical - área: recursos naturais 

José Holanda Campelo Júnior, Universidade Federal de Mato Grosso
Doutor. Prof. Titular. Departamento de solos e engenharia rural. Faculdade de agronomia e medicina veterinária (FAMEV). Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Cuiabá-MT.
Publicado
23-06-2010
Como Citar
MIRANDA, M.; CAMPELO JÚNIOR, J. SOMA TÉRMICA PARA O SUBPERÍODO SEMEADURA-MATURAÇÃO DE FEIJÃO CV. CARIOCA EM COLORADO DO OESTE, RONDÔNIA. Pesquisa Agropecuária Tropical (Agricultural Research in the Tropics), v. 40, n. 2, p. DOI: 10.5216/pat.v40i2.6790, 23 jun. 2010.
Seção
Engenharia de Biossistemas