FITOSSOCIOLOGIA DE PLANTAS DANINHAS DE PASTAGENS CULTIVADAS SOB DOIS NÍVEIS DE DEGRADAÇÃO EM CERRADO, NO MATO GROSSO DO SUL

Adriana Guglieri-Caporal, Francisco José Machado Caporal, Arnildo Pott

Resumo


Pastagens cultivadas, de maneira geral, entram em processo de declínio, associado à infestação de plantas daninhas, cujo manejo exitoso começa com o levantamento das espécies infestantes e sua biologia. Este trabalho teve como objetivo o estudo fitossociológico, nas estações chuvosa e seca, em duas pastagens cultivadas de Brachiaria (Urochloa) spp., com gado (AI) e sem gado (AII), em áreas de Cerrado do Mato Grosso do Sul. Foi constatada a ocorrência de 104 espécies de plantas daninhas herbáceas e subarbustivas de Fanerógamas. As famílias de maior destaque, em número de espécies, foram Fabaceae (23 espécies), Poaceae (16) e Asteraceae (15). As hemicriptófitas predominam com 41% das espécies. As espécies com maiores valores de importância e cobertura relativa são B. decumbens e Sida rhombifolia, em AI, e B. brizantha e Desmodium incanum, em AII, além de Paspalum notatum, em ambas as pastagens. Os valores de diversidade de Shannon foram 4,19 e 4,43 nats, para AI e AII, respectivamente, indicando considerável riqueza de espécies. O índice de dissimilaridade florística entre AI e AII, obtido a partir da Distância Euclidiana, é 0,7468, o que indica poucas espécies em comum (44%). Na estação seca, o número de espécies em AI caiu 10% e, em AII, aumentou 4%.

PALAVRAS-CHAVE: Agroecossistema; Brachiaria; ecologia vegetal; flora; Urochloa.


Palavras-chave


Agroecossistema; Brachiaria; ecologia vegetal; flora; Urochloa

Texto completo:

PDF




Licença Creative Commons

Pesquisa Agropecuária Tropical está licenciado sob uma licença Creative Commons Atribuição 3.0 Unported.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://www.revistas.ufg.br/index.php/pat/about/submissions#onlineSubmissions.

Esta publicação é financiada pelo Programa de Apoio às Publicações Periódicas da UFG (PROAPUPEC)

Visitantes: contador de visitas
Logotipo do IBICT