Altura e número de brotos na sobrevivência e desenvolvimento de mudas micropropagadas de bambu durante a pré-aclimatização

  • Paulo Arthur Almeida do Vale
  • João Bosco de Oliveira Júnior
  • Frederico Henrique da Silva Costa
  • Jonny Everson Scherwinski-Pereira Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, Brasilia- DF http://orcid.org/0000-0001-6271-332X

Resumo

Durante a multiplicação in vitro de bambu, é rotineiro ocorrer a formação de agregados de brotos. Uma vez individualizados, eles podem render maior número de mudas do que se plantados agrupados. Objetivou-se avaliar o efeito da relação entre a altura e o número de brotos iniciais em mudas de bambu micropropagadas na sobrevivência e desenvolvimento das plantas, durante a pré-aclimatização. Brotações de Guadua aff. chaparensis, após sucessivos subcultivos de multiplicação in vitro, foram classificadas em três classes de altura (2,5-5,0 cm; 5,1-10.0 cm; 10,1-15,0 cm) e número de brotos agregados (um broto por planta/muda com haste única, dois e três brotos por muda) e pré-aclimatizadas em composição de substrato comercial e areia lavada. Foram avaliados a sobrevivência, altura, número de novos brotos e raízes, massa fresca e seca da parte aérea e raízes. Em mudas provenientes de micropropagação, a altura das plantas não influencia nas taxas de sobrevivência, podendo ser aclimatizadas, preferencialmente, com alturas entre 5,0 cm e 15,0 cm, com taxas de sobrevivência de até 97 %. Mudas com altura superior a 5,1 cm e compostas por 2 ou 3 brotos iniciais apresentam maior vigor e crescimento ex vitro, fato comprovado pelos maiores valores obtidos em relação à altura e emissão de novos brotos e raízes, bem como maior acúmulo de biomassa fresca e seca.

PALAVRAS-CHAVE: Guadua aff. chaparensis, Bambusoideae, propagação vegetativa.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
11-03-2019
Como Citar
VALE, P.; OLIVEIRA JÚNIOR, J.; COSTA, F.; SCHERWINSKI-PEREIRA, J. Altura e número de brotos na sobrevivência e desenvolvimento de mudas micropropagadas de bambu durante a pré-aclimatização. Pesquisa Agropecuária Tropical (Agricultural Research in the Tropics), v. 49, p. e53751, 11 mar. 2019.
Seção
Suplemento Especial: Bambu