Efeito da adição de fungicida a misturas de triazóis e estrobirulinas no controle de míldio e ferrugem asiática da soja

  • Bruno Zuntini Desenvolvimento Técnico de Mercado – Sudoeste Goiano. Marketing DTM. Syngenta - Proteção de Cultivares.
  • Rita de Cassia Félix Alvarez Universidade Federal do Mato Grosso do Sul - Câmpus de Chapadão do Sul - Chapadão do Sul - MS
  • Gustavo de Faria Theodoro Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - Departamento de Medicina Veterinária e Zootecnia, Cidade Universitária, Campo Grande - MS
  • Alan Mario Zuffo Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - Câmpus de Chapadão do Sul - MS.

Resumo

Os fungicidas utilizados para o controle da ferrugem asiática da soja são constituídos por misturas entre os modos de ação sistêmicos (triazóis) e meso-sistêmicos (estrobilurinas). Entretanto, para o controle do míldio da soja, existem disponíveis apenas fungicidas protetores. Objetivou-se avaliar a eficácia de fungicidas com diferentes modos de ação no controle de míldio e ferrugem asiática da soja. Realizou-se experimento a campo, em delineamento de blocos casualizados, constituído de sete tratamentos [controle negativo; difeconazole em V7 + (azoxystrobina + ciproconazole) em R2 e R5.1; (tebuconazole + carbendazim) em V7 + (azoxystrobina + tebuconazole) em R2 e R5.1; carbendazim e mancozebe em V7 + (azoxystrobina + tebuconazole) em R2 e R5.1; (tebuconazole + carbendazim) em V7 + mancozebe em V7 + (azoxystrobina + tebuconazole) em R2 e R5.1; (tebuconazole + carbendazim) em V7 + (azoxystrobina + tebuconazole) em R2 e R5.1 + mancozebe em R2 e R5.1; (tebuconazole + carbendazim) em V7 + azoxystrobina + tebuconazole em R2 e R5.1 + mancozebe em R2 e R5.1 + carbendazim em R5.1] e quatro repetições. Os parâmetros avaliados foram: severidade das doenças baseada em escalas diagramáticas, fitotoxidez, eficácia de produtos, desfolha, número de vagens por planta, número de grãos por vagem, massa de mil grãos e produtividade. Os tratamentos com adição do mancozebe mostraram-se mais eficientes na redução da severidade de míldio e ferrugem asiática da soja e desfolha, aumentando a produtividade de grãos da cultura. Para o míldio da soja, os tratamentos com adição de mancozebe a benzimidazol, estrobilurinas e triazóis foram mais eficazes na redução da severidade e no controle.

PALAVRAS-CHAVE: Glycine max, Phakopsora pachyrhizi, Peronospora manshurica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruno Zuntini, Desenvolvimento Técnico de Mercado – Sudoeste Goiano. Marketing DTM. Syngenta - Proteção de Cultivares.
Mestre em Agronomia: área de concentração produção vegetal, pela UFMS, Câmpus de Chapadão do Sul - MS.
Rita de Cassia Félix Alvarez, Universidade Federal do Mato Grosso do Sul - Câmpus de Chapadão do Sul - Chapadão do Sul - MS

Área de atuação produção vegetal/grandes culturas. 

Mestrado UNESP/FCA, Botucatu - SP, Departamento de Agricultura - Área de Concentração: Agricultura/Produção Vegetal.

Doutorado UNESP/FCA, Botucatu - SP, Departamento de Agricultura - Área de Concentração: Agricultura/Produção Vegetal.

Pós-doutorado UNESP/Jaboticabal - SP, Departamento de Solos e adubação/Nutrição de Plantas

 

Publicado
25-04-2019
Como Citar
ZUNTINI, B.; ALVAREZ, R. DE C.; DE FARIA THEODORO, G.; MARIO ZUFFO, A. Efeito da adição de fungicida a misturas de triazóis e estrobirulinas no controle de míldio e ferrugem asiática da soja. Pesquisa Agropecuária Tropical (Agricultural Research in the Tropics), v. 49, p. e53688, 25 abr. 2019.
Seção
Artigo Científico