Precocidade, produtividade e eficiência de uso de água em bananeira sob densidades de plantio e lâminas de irrigação, em região semiárida

  • Marcelo Rocha dos Santos Instituto Federal Baiano Campus Guanambi
  • Sérgio Luiz Rodrigues Donato Instituto Federal Baiano Cmapus Guanambi
  • Diogo Barreto Magalhães IF Baiano Campus Guanambi
  • Manoel Pereira Cotrim IF Baiano Campus Guanambi

Resumo

A bananeira é uma cultura de grande importância para o semiárido brasileiro. No entanto, devido à baixa disponibilidade e irregularidades de chuvas nesta região, torna-se necessário o uso de uma combinação de técnicas que permitam maior eficiência no uso de água. Objetivou-se avaliar a influência de combinações de lâminas de irrigação e densidades de plantio na precocidade, produtividade e eficiência de uso de água em bananeira BRS Platina, no semiárido do estado da Bahia. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com quatro repetições, distribuídas em parcelas subdivididas. Lâminas de irrigação de 55 %, 70 %, 85 % e 100 % da evapotranspiração da cultura (ETc) foram atribuídas à parcela, e densidades de plantio de 1.600 plantas ha-1, 2.000 plantas ha-1, 2.666 plantas ha-1 e 3.333 plantas ha-1 à subparcela. O peso das pencas e o número de frutos diminuíram de forma linear com o aumento da densidade de plantio (1.600 plantas ha-1 para 3.333 plantas ha-1), passando de 10,89 kg para 9,49 kg e de 97,16 para 89,86, respectivamente, enquanto a produtividade de pencas (15,5 t ha-1 para 25,79 t ha-1) e o período para colheita (442 para 455) aumentaram. O número de frutos aumentou linearmente de 89,46 para 98,08 com a lâmina de irrigação de 55 % para 100 % da ETc. O rendimento e a eficiência do uso de água aumentaram linearmente à medida em que a densidade de plantio (1.600 plantas ha-1 para 3.333 plantas ha-1) aumentou, passando de 5,14 para 8,60, e a eficiência do uso de água mostrou redução com a lâmina de irrigação, passando de 7,97 para 5,50, considerando-se 55 % a 100 % da ETc. É possível obter maiores rendimentos e maior eficiência no uso de água utilizando-se maior densidade de plantio e nível de irrigação abaixo de 100 % da ETc.

PALAVRAS-CHAVE: Musa spp., manejo de irrigação, população de plantas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcelo Rocha dos Santos, Instituto Federal Baiano Campus Guanambi

Engenheiro Agrônomo, Mestre e Doutor em Engenharia Agrícola. Professor Efetivo de Irrigação e Hidráulica do IF Baiano. Desenvolve trabalhos de pesquina com manejo da irrigação em fruteiras.

Sérgio Luiz Rodrigues Donato, Instituto Federal Baiano Cmapus Guanambi
Agrônomo, Doutor em Fitotecnia. Professor do IF Baiano Campus Guanambi.
Diogo Barreto Magalhães, IF Baiano Campus Guanambi
Bolsista do CNPq, estudante de Agronomia do IF Baiano Campus Guanambi.
Publicado
10-04-2019
Como Citar
SANTOS, M.; DONATO, S. L.; MAGALHÃES, D.; COTRIM, M. Precocidade, produtividade e eficiência de uso de água em bananeira sob densidades de plantio e lâminas de irrigação, em região semiárida. Pesquisa Agropecuária Tropical (Agricultural Research in the Tropics), v. 49, p. e53036, 10 abr. 2019.
Seção
Artigo Científico