SEGURANÇA ALIMENTAR DO QUEIJO MINAS ARTESANAL DO SERRO, MINAS GERAIS, EM FUNÇÃO DA ADOÇÃO DE BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO

  • Maximiliano Soares Pinto EPAMIG
  • Célia Lúcia de Luces Fortes Ferreira UFV
  • José Manoel Martins
  • Vanessa Aglaê Martins Teodoro
  • Ana Clarissa dos Santos Pires
  • Lívia Beatriz Almeida Fontes
  • Paula Isabelita Reis Vargas
Palavras-chave: Queijo Minas Artesanal, Staphylococcus aureus, Escherichia coli

Resumo

A ausência das Boas Práticas, no processamento do Queijo Minas Artesanal do Serro, expõe o mesmo a muitas fontes de contaminação e compromete sua qualidade, podendo afetar a saúde do consumidor. Buscando identificar os principais pontos de contaminação do processo de obtenção do leite, fabricação do queijo e suas correlações com a contaminação microbiológica, foi aplicado um questionário estruturado e coletadas amostras de queijos, para pesquisa de coliformes 30ºC, Escherichia coli, Staphylococcus aureus e mesófilos aeróbios. Os pontos identificados, que apresentaram relação com as análises microbiológicas dos queijos, foram: insalubridade das queijarias, presença de animais domésticos e higiene dos manipuladores. É fundamental o treinamento dos produtores, para a adoção das medidas corretivas e preventivas, com o objetivo de minimizar ou evitar a contaminação do Queijo Minas Artesanal.

PALAVRAS-CHAVE: Queijo Minas Artesanal; Staphylococcus aureus; Escherichia coli.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
02-12-2009
Como Citar
PINTO, M.; FERREIRA, C.; MARTINS, J.; TEODORO, V.; PIRES, A.; FONTES, L.; VARGAS, P. SEGURANÇA ALIMENTAR DO QUEIJO MINAS ARTESANAL DO SERRO, MINAS GERAIS, EM FUNÇÃO DA ADOÇÃO DE BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO. Pesquisa Agropecuária Tropical (Agricultural Research in the Tropics), v. 39, n. 4, p. 342-347, 2 dez. 2009.
Seção
Artigo Científico