Supressão ao desenvolvimento de capim timbête com plantas de cobertura

Autores

  • Rodrigo Fonseca da Silva Universidade Federal de Lavras
  • Leandro Pereira Pacheco Universidade Federal de Mato Grosso/Departamento de Engenharias.
  • Leandro dos Santos Soares Universidade Federal de Lavras/Departamento de ciência do solo.
  • Wéverson Lima Fonseca Universidade Federal de Piauí/Departamento de Fitotecnia.
  • João Batista da Silva Oliveira Universidade Federal de Piauí/Departamento de Fitotecnia.
  • Adaniel Sousa dos Santos Universidade Federal de Piauí/Departamento de Fitotecnia.

Palavras-chave:

Cenchrus echinatus L., alelopatia, planta daninha.

Resumo

O capim timbête (Cenchrus echinatus L.) tem dificultado o manejo integrado de plantas daninhas, nos sistemas de produção agrícola brasileiros. Este estudo objetivou avaliar a eficiência de níveis de biomassa de diferentes plantas de cobertura sobre a superfície do solo, no controle do capim timbête. O delineamento utilizado foi o de blocos ao acaso, com quatro repetições, em esquema fatorial 6 x 5 + 1. O primeiro fator foi constituído por seis espécies de cobertura (Pennisetum glaucum - cultivares ADR 7010 e ADR 300, Crotalaria ochroleuca, Urochloa ruziziensis, Fagopyrum tataricum e Crambe abyssinica) e o segundo por cinco níveis de biomassa de cada espécie (2 t ha-1, 4 t ha-1, 8 t ha-1, 12 t ha-1 e 16 t ha-1), mais um tratamento controle, sem cobertura de solo. As variáveis analisadas foram o número total de plantas emergidas, índice de velocidade de germinação, área foliar, volume de raízes e biomassa seca da parte aérea e raízes. A espécie U. ruziziensis destacou-se na supressão ao desenvolvimento de C. echinatus, por proporcionar redução no número de plantas emergidas, índice de velocidade de emergência, biomassa seca da parte aérea e raízes, volume radicular e área foliar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rodrigo Fonseca da Silva, Universidade Federal de Lavras

Rodrigo Fonseca da Silva, nascido em 11 de julho de 1989 na localidade Corrente dos Matões do município de Bom Jesus – PI, filho de Pedro Rosa da Silva e Zilda dos Santos Fonseca concluiu o ensino fundamental em 2004 na Escola Municipal Maria Aristeia Figueiredo da Fonseca (EMMAFF), em 2007 completou o ensino médio na Unidade Escolar Joaquim Parente (UEJP), sendo que no ano seguinte concluiu o curso Técnico em Agropecuária em concomitância com o ensino médio pelo Colégio Agrícola de Bom Jesus (CABJ). Em 2009 ingressou no curso de Engenharia Agronômica no qual se formou em julho de 2013 pela Universidade Federal do Piauí (UFPI), mestre pelo programa de Pós-Graduação em Solos e Nutrição de Plantas (PPGSNP) da mesma instituição (2013-2015), em 2015 engressou no doutorado em ciencia do solo da Universidade Federal de Lavras (UFLA).

Leandro Pereira Pacheco, Universidade Federal de Mato Grosso/Departamento de Engenharias.

Professor adjunto do departamento de Engenharia Agricola da Universidade Federal do Mato Grosso, trabalha com Produção vegetal com enfase em plantio direto.

Leandro dos Santos Soares, Universidade Federal de Lavras/Departamento de ciência do solo.

Aluno de doutorado no departamento de ciência do solo da Universidade Federal de Lavras, trabalha com quimica e fertilidade do solo.

Wéverson Lima Fonseca, Universidade Federal de Piauí/Departamento de Fitotecnia.

Aluno de mestrado no departamento de Fitotecnia da Universidade Federal de Piauí, trabalha com controle de doenças.

João Batista da Silva Oliveira, Universidade Federal de Piauí/Departamento de Fitotecnia.

Aluno de mestrado no departamento de Fitotecnia da Universidade Federal de Piauí, trabalha com controle de plantas invasoras.

Adaniel Sousa dos Santos, Universidade Federal de Piauí/Departamento de Fitotecnia.

Aluno de mestrado no departamento de Fitotecnia da Universidade Federal de Piauí, trabalha com controle de plantas invasoras.

Downloads

Publicado

21-09-2015

Como Citar

SILVA, R. F. da; PACHECO, L. P.; SOARES, L. dos S.; FONSECA, W. L.; OLIVEIRA, J. B. da S.; SANTOS, A. S. dos. Supressão ao desenvolvimento de capim timbête com plantas de cobertura. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 45, n. 3, p. 319–325, 2015. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/34680. Acesso em: 27 jun. 2022.

Edição

Seção

Proteção de Plantas