AVALIAÇÃO DE CULTIVARES DE SORGO GRANÍFERO NA SAFRINHA NO SUDOESTE DO ESTADO DE GOIÁS

  • Alessandro Guerra da Silva Fesurv
  • Alexandre Stremel Barros
  • Luis Henrique Silva Carregal Pereira da Silva Fesurv
  • Eduardo Bezerra de Morães Fesurv
  • Rodrigo Pires Fesurv
Palavras-chave: Sorghum bicolor, rendimento de grãos, interação genótipo x ambiente

Resumo

O sorgo é uma cultura de grande importância nos cultivos de safrinha na região Centro-Oeste. Com o objetivo de selecionar cultivares de melhor desempenho agronômico, para a safrinha na região sudoeste de Goiás, foram instalados ensaios nos municípios de Montividiu, Rio Verde e Santa Helena de Goiás. Foi empregado o delineamento experimental de blocos casualizados, com quatro repetições, utilizando-se as cultivares de sorgo BR 304, Catuy, 741, 822 e o híbrido experimental V 00069. A semeadura foi realizada no dia 05 de março de 2005. As características avaliadas foram: rendimento de grãos e peso de mil grãos, altura de plantas e datas de florescimento e maturidade fisiológica. Foi constatada a presença da interação genótipo x ambiente, em todas as características avaliadas. O município de Montividiu apresentou maior potencial para o cultivo de sorgo. A maior precocidade para floração e colheita possibilitou a obtenção de maior rendimento de grãos.

 

PALAVRAS-CHAVE: Sorghum bicolor; rendimento de grãos; interação genótipo x ambiente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alexandre Stremel Barros

Universidade Estadual de Goiás - Departamento de Ciências Agrárias, CEP 75780-000 Ipameri, GO.

Luis Henrique Silva Carregal Pereira da Silva, Fesurv
Fersurv - Faculdade de Agronomia
Eduardo Bezerra de Morães, Fesurv
Fersurv - Faculdade de Agronomia
Rodrigo Pires, Fesurv
Fesurv - Faculdade de Agronomia
Publicado
24-06-2009
Como Citar
SILVA, A.; BARROS, A.; SILVA, L. H. S.; MORÃES, E.; PIRES, R. AVALIAÇÃO DE CULTIVARES DE SORGO GRANÍFERO NA SAFRINHA NO SUDOESTE DO ESTADO DE GOIÁS. Pesquisa Agropecuária Tropical (Agricultural Research in the Tropics), v. 39, n. 2, p. 168-174, 24 jun. 2009.
Seção
Artigos Científicos