PREVALÊNCIA E CORRELAÇÃO ENTRE INFECÇÃO URINÁRIA E PRESENÇA DE Actinomyces suis NA URINA DE PORCAS GESTANTES DA REGIÃO SUL DO BRASIL

Autores

  • Geraldo Camilo Alberton UFPR
  • J. Sobestiansky UFG
  • P. R. Werner Universidade Paranaense
  • O. Dalla Costa CNPSA
  • W. Barioni Júnior CNPSA

Palavras-chave:

Suínos, cistite, transtornos reprodutivos, pielocistite, epidemiologia

Resumo

O presente trabalho teve o objetivo principal de verificar a prevalência e a correlação entre infecção urinária e presença da bactéria Actinomyces suis na urina de 1.745 porcas gestantes da Região Sul do Brasil. A prevalência de infecção urinária foi de 29,54% para as porcas criadas em confinamento e de 16,46% para as porcas criadas ao ar livre. A prevalência geral de infecção urinária foi de 28,31%. Observou-se a presença do A. suis na urina de 22,24% das porcas criadas em confinamento e em 6,71% das porcas criadas ao ar livre. A prevalência geral de A. suis foi de 20,63%. Observou-se correlação negativa entre infecção urinária e A. suis, ou seja, as porcas que apresentaram infecção urinária tinham menor prevalência de A. suis (13,67%) do que as que não a apresentaram (23,12%). Da mesma forma, as porcas portadoras de A. suis tinham menor prevalência de infecção urinária (11,43%) do que as não portadoras (28,62%). Apenas 3,60% das porcas examinadas eram positivas simultaneamente para infecção urinária e A. Suis.

PALAVRAS-CHAVE: Suínos; cistite; transtornos reprodutivos; pielocistite; epidemiologia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

19-12-2007

Como Citar

ALBERTON, G. C.; SOBESTIANSKY, J.; WERNER, P. R.; COSTA, O. D.; BARIONI JÚNIOR, W. PREVALÊNCIA E CORRELAÇÃO ENTRE INFECÇÃO URINÁRIA E PRESENÇA DE Actinomyces suis NA URINA DE PORCAS GESTANTES DA REGIÃO SUL DO BRASIL. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 28, n. 2, p. 31–40, 2007. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/2993. Acesso em: 26 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigo Científico