ESTUDO DE UMA SÉRIE DE TANQUES DE ALVENARIA COMO MODELO PARA CONDUÇÃO DE EXPERIMENTOS COM ORGANISMOS AQUÁTICOS

  • Delma Machado Cantisani Pádua UCG
  • Lúcia H. Sipaúba Tavares CAUNESP
  • João Teodoro Pádua UFG
  • Paulo César Silva UFG
Palavras-chave: Tanques, limnologia, peixes

Resumo

Avaliou-se uma série de tanques de alvenaria, cobertos com tela de nylon, como modelo para ensaios com animais aquáticos, em que são exigidas igualdades das condições ambientais. Foram observados alguns parâmetros físicos e químicos da água. Os tanques foram povoados com dez juvenis de pacu, e a ração fornecida ad libitum duas vezes ao dia. O experimento foi conduzido entre novembro e fevereiro de 1992/1993. Na metade do experimento cinco peixes foram retirados para se manter a biomassa adequada até o final, aos 87 dias. Condições limnológicas inadequadas foram observadas nos tanques com menor taxa de renovação de água. O aumento da biomassa e o decréscimo da circulação de água foram relacionados com o aumento da mortalidade e doenças. Este tipo de construção de tanques permitiu igualdade das condições ambientais, sendo a taxa de renovação diária a variável que se deve ter maior cautela no monitoramento.

PALAVRAS-CHAVE: Tanques; limnologia; peixes.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
18-12-2007
Como Citar
PÁDUA, D.; TAVARES, L.; PÁDUA, J.; SILVA, P. ESTUDO DE UMA SÉRIE DE TANQUES DE ALVENARIA COMO MODELO PARA CONDUÇÃO DE EXPERIMENTOS COM ORGANISMOS AQUÁTICOS. Pesquisa Agropecuária Tropical (Agricultural Research in the Tropics), v. 27, n. 2, p. 75-83, 18 dez. 2007.
Seção
Artigo Científico