OCORRÊNCIA E ÍNDICE DE INFESTAÇÃO DE Anastrepha spp. (DIP., TEPHRITIADE) EM Pouteria gardneriana Radlk. E Pouteria ramiflora (Mart.) Radlk. (SAPOTACEAE), NOS CERRADOS DE GOIÁS

  • Valquíria R. S. Veloso UFG
  • Gislene Auxiliadora Ferreira UFG
  • Paulo Marçal Fernandes UFG
  • Nelson Augusto Canal Daza Universidade de Tolima (Colômbia)
  • Roberto A. Zucchi ESALQ/USP
Palavras-chave: Insecta, moscas-das-frutas, hospedeiros, Sapotaceae, parasitóides

Resumo

Dentre as frutíferas nativas dos cerrados goianos destacam-se as do gênero Pouteria, com ampla distribuição nas regiões tropicais e subtropicais de todo o mundo, sendo a P. ramiflora (curriola) a mais comum. Pouteria gardneriana (guapeva) ocorre geralmente nos solos mais úmidos, sempre agrupada na faixa de separação cerrados-veredas. Dos 25 municípios do Estado de Goiás amostrados, em nove foi registrada a ocorrência dessas duas espécies de Pouteria, cujos frutos são bastante suscetíveis ao ataque de moscas-das-frutas. Dos frutos de guapeva e curriola, emergiram adultos de Anastrepha (99,82%) e apenas alguns exemplares de Ceratitis capitata (0,18%). As espécies coletadas em P. gardneriana foram: Anastrepha bistrigata, A. fraterculus, A. leptozona, A. serpentina, A. zenildae, A. zernyi e C. capitata. De P. ramiflora foram obtidas: A. fraterculus, A. leptozona, A. serpentina e A. zernyi. Dos pupários de Anastrepha emergiram exemplares de parasitóides pertencentes à família Braconidae (97,70%) e Eucoilidae (2,30%). As espécies Doryctobracon areolatus e Doryctobracon sp. (provavelmente espécie nova) são os parasitóides mais comuns nas áreas amostradas. O índice de infestação das moscas-das-frutas foi de 85,92 e 196,31 pupários/kg de fruto de P. gardneriana e de P. ramiflora, respectivamente, sendo consideradas como hospedeiras naturais principalmente para Anastrepha. P. gardneriana e P. ramiflora são registradas pela primeira vez como hospedeiros de moscas-das-frutas, sendo também a primeira constatação das espécies A. leptozona, A. serpentina, A. zenildae e A. zernyi ocorrendo no Estado de Goiás e, também, o primeiro registro da ocorrência de parasitóides de Anastrepha em P. gardneriana e P. Ramiflora.

PALAVRAS-CHAVE: Insecta; moscas-das-frutas; hospedeiros; Sapotaceae; parasitóides.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
17-12-2007
Como Citar
VELOSO, V.; FERREIRA, G.; FERNANDES, P.; DAZA, N.; ZUCCHI, R. OCORRÊNCIA E ÍNDICE DE INFESTAÇÃO DE Anastrepha spp. (DIP., TEPHRITIADE) EM Pouteria gardneriana Radlk. E Pouteria ramiflora (Mart.) Radlk. (SAPOTACEAE), NOS CERRADOS DE GOIÁS. Pesquisa Agropecuária Tropical (Agricultural Research in the Tropics), v. 26, n. 2, p. 109-120, 17 dez. 2007.
Seção
Artigos Científicos