TRATAMENTO CIRÚRGICO DA PISADURA EM EQUÍDEOS

Autores

  • Luiz Antônio Franco da Silva UFG
  • Reinaldo Neves Sobrinho UFG
  • Carla Afonso da Silva UFG
  • Maria Clorinda Soares Fioravanti UFG
  • Valéria de Sá Jayme UFG
  • Kênia Marluce B. Silva UFG

Resumo

Foi realizado tratamento cirúrgico em 20 eqüinos e seis muares portadores da lesão de pisadura, na região dorsal do tórax, através de incisão elíptica da ferida e dermorrafia com sutura do tipo Donatti encavilhada. A técnica cirúrgica mostrou-se adequada e 93% dos animais recuperaram-se em aproximadamente 20 dias após a cirurgia.

PALAVRAS-CHAVE: Eqüino; pisadura; cirurgia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

17-12-2007

Como Citar

SILVA, L. A. F. da; NEVES SOBRINHO, R.; SILVA, C. A. da; FIORAVANTI, M. C. S.; JAYME, V. de S.; SILVA, K. M. B. TRATAMENTO CIRÚRGICO DA PISADURA EM EQUÍDEOS. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 26, n. 2, p. 9–14, 2007. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/2931. Acesso em: 30 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigo Científico