PESQUISA-DESENVOLVIMENTO EM URUARÁ, PARÁ, NA REGIÃO TRANSAMAZÔNICA

  • Jonas Bastos da Veiga EMBRAPA/CPATU
  • Jean-François Tourrand
  • Hugo Didonet Láu
  • Ana Patrícia de Oliveira M. Guia
  • Laura Angélica Ferreira
  • Soraya Abreu de Carvalho
Palavras-chave: Agricultura familiar, região transamazônica, sistema de produção

Resumo

Nos últimos anos, tem-se observado uma forte tendência de pecuarização da agricultura familiar em Uruará, PA (região transamazônica), cujo reflexo no agroecossistema é desconhecido. Estudar o sistema de produção como um todo, identificar limitações e testar soluções, envolvendo os parceiros locais, é uma forma de adequar a pesquisa na região, ainda monodisciplinar, restrita à estação experimental e pouco relacionada à problemática dos produtores. O convênio EMBRAPA-CPATU/UFPa/CIRAD-EMVT está apoiando esse trabalho. Em menos de dois anos, a pesquisa-desenvolvimento em sistemas agrícolas com forte componente pecuário alcançou resultados bastante promissores. No início traçou-se um perfil do sistema de produção, enfatizando o componente pecuário, definindo prioridades para a etapa seguinte com difusão de tecnologia em manejo e recuperação de pastagem, ervas tóxicas e suplementação mineral; formulação de mistura mineral e implementação de infra-estrutura de processamento pelas organizações dos produtores; testes de germoplasma forrageiro promissor (gramíneas e leguminosas); e avaliação de desempenho do rebanho nos estabelecimentos. Novos temas como a criação de suínos, aves, e animais silvestres deverão ser incluídos. Ajustes institucionais devem ser feitos para estimular projetos nessa linha, considerada prioritária na EMBRAPA-CPATU.

PALAVRAS-CHAVE: Agricultura familiar; região transamazônica; sistema de produção.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
17-12-2007
Como Citar
VEIGA, J. B. DA; TOURRAND, J.-F.; LÁU, H. D.; GUIA, A. P. DE O. M.; FERREIRA, L. A.; CARVALHO, S. A. DE. PESQUISA-DESENVOLVIMENTO EM URUARÁ, PARÁ, NA REGIÃO TRANSAMAZÔNICA. Pesquisa Agropecuária Tropical, v. 26, n. 1, p. 51-63, 17 dez. 2007.
Seção
Artigo Científico