COMPORTAMENTO DE CULTIVARES PRECOCES DE ARROZ (Oryza sativa L.) SUBMETIDAS A DIFERENTES DOSES DE SULFATO DE ZINCO

Autores

  • Antônio Pasqualetto UFG
  • Marcos Humberto Tiago Nogueira UFG
  • Ronaldo Gardon Batista UFG

Palavras-chave:

Arroz, cultivares, sulfato de zinco

Resumo

A falta de informações atualizadas sobre exigências de cultivares altamente produtivos conduziu à elaboração de uma pesquisa objetivando avaliar os efeitos de seis doses de sulfato de zinco (0,0 = testemunha; 15,0; 30,0; 45,0; 60,0 e 75,0 kg/ha) sobre características agronômicas das cultivares precoces de arroz primavera e maravilha. Os tratamentos consistiram da combinação dos diferentes níveis dos fatores cultivares e doses de sulfato de zinco, distribuídos no delineamento de blocos ao acaso em três repetições, totalizando 36 unidades experimentais. Foram avaliados: a) população de plantas aos 40 dias após a emergência (DAE) e no final do ciclo; b) altura de planta; c) rendimento de grãos; d) peso de 100 grãos. Concluiu-se que, até que novos estudos comprovem os resultados obtidos, deve-se manter a recomendação em uso.

PALAVRAS-CHAVE: Arroz; cultivares; sulfato de zinco.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

13-12-2007

Como Citar

PASQUALETTO, A.; NOGUEIRA, M. H. T.; BATISTA, R. G. COMPORTAMENTO DE CULTIVARES PRECOCES DE ARROZ (Oryza sativa L.) SUBMETIDAS A DIFERENTES DOSES DE SULFATO DE ZINCO. Pesquisa Agropecuária Tropical, [S. l.], v. 29, n. 2, p. 135–139, 2007. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/2863. Acesso em: 24 set. 2021.

Edição

Seção

Artigo Científico