CONTROLE QUÍMICO DOS PULGÕES Mysus persicae E Brevicoryne brassicae NA CULTURA DA COUVE-FLOR COM INSETICIDAS APLICADOS NA FORMA DE ESGUICHO

  • Júlio Cezar Silveira Nunes UFG
  • Antônio Lopes da Silva UFG
  • Natan Fontoura da Silva UFG
  • Stanley Vaz Santos UFG
  • Selby Pereira dos Santos UFG
Palavras-chave: Insecta, inseticidas, Mysus persicae, Brevicoryne brassicae, couve-flor

Resumo

Avaliou-se o controle químico dos pulgões Mysus persicae e Brevicoryne brassicae, em couve-flor, através dos inseticidas Confidor 700 GRDA e Confidor 200 SC, na área experimental da Escola de Agronomia da Universidade Federal de Goiás em maio de 1998. Foram utilizadas duas dosagens para cada um dos inseticidas, um inseticida padrão (Tamaron Br) e uma testemunha. Confidor 700 GRDA e Confidor 200 SC, ambos em duas dosagens, foram aplicados em uma única vez nas covas de transplante, com um pulverizador costal, utilizando bico de esguicho. A avaliação dos resultados de M. persicae constou de contagens de ninfas e adultos em folhas escolhidas ao acaso, nas plantas da linha central das parcelas, 35 dias após os tratamentos. A mesma metodologia foi utilizada para a avaliação de B. brassicae 48 dias após o tratamento. O tratamento com Tamaron Br foi aplicado na forma de pulverizações semanais, ocorrendo as avaliações aos 7 e 14 dias após a última aplicação. Confidor 700 GRDA e 200 SC controlaram eficientemente os pulgões M. persicae e B. brassicae sobre a couve-flor, nas menores dosagens, sendo superiores ao Tamaron Br no controle de B. Brassicae.

PALAVRAS-CHAVE: Insecta; inseticidas; Mysus persicae; Brevicoryne brassicae; couve-flor.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
13-12-2007
Como Citar
NUNES, J.; SILVA, A.; SILVA, N.; SANTOS, S.; SANTOS, S. CONTROLE QUÍMICO DOS PULGÕES Mysus persicae E Brevicoryne brassicae NA CULTURA DA COUVE-FLOR COM INSETICIDAS APLICADOS NA FORMA DE ESGUICHO. Pesquisa Agropecuária Tropical (Agricultural Research in the Tropics), v. 29, n. 2, p. 9-11, 13 dez. 2007.
Seção
Artigo Científico