EXPERIMENTO DE CAMPO VISANDO AO CONTROLE QUÍMICO DA CIGARRINHA VERDE Empoasca kraemeri (Ross & Moore) EM FEIJOEIRO

Autores

  • Antônio Lopes da Silva UFG
  • Valquíria Rocha dos Santos Veloso UFG
  • Hélder Luiz Almeida Pereira UFG
  • Francisco Teodoro Souza Neto UFG
  • Roberto Carlos Mendonça UFG

Resumo

Realizou-se o presente experimento no campo experimental da Escola de Agronomia da Universidade Federal de Goiás de março a maio de 1993, com o objetivo de avaliar a eficiência de três dosagens do clorpyrifos 480 BR (600, 800 e 1000ml do produto comercial por ha) em comparação com metamidophos BR e monocrotophos 400, nas dosagens de 1000ml do produto comercial de cada um por ha, no controle da cigarrinha verde (Empoasca kraemeri (Ross & Moore)) do feijoeiro. Pelos resultados obtidos concluiu-se que todos os produtos foram eficientes no controle da praga nas avaliações realizadas 3, 7 e 14 dias após a aplicação dos tratamentos. O clorpyrifos 480 BR na dosagem de 800ml/ha proporcionou um controle de 85,7; 88,5 e 78,7%, respectivamente, após 3, 7 e 14 dias, e, na dosagem de 1000ml por ha, apresentou eficiência de 89,2; 91,4 e 84,0%, tendo sido semelhante aos padrões metamidophos e monocrotophos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

05-12-2007

Como Citar

SILVA, A. L. da; VELOSO, V. R. dos S.; PEREIRA, H. L. A.; SOUZA NETO, F. T.; MENDONÇA, R. C. EXPERIMENTO DE CAMPO VISANDO AO CONTROLE QUÍMICO DA CIGARRINHA VERDE Empoasca kraemeri (Ross & Moore) EM FEIJOEIRO. Pesquisa Agropecuária Tropical, [S. l.], v. 23, n. 1, p. 55–61, 2007. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/2628. Acesso em: 4 dez. 2021.

Edição

Seção

Artigo Científico