AVALIAÇÃO DE INSETICIDAS PIRETRÓIDES NO CONTROLE DA TRAÇA DAS CRUCÍFERAS (Plutella xylostella L. 1758) EM REPOLHO

Autores

  • Antônio Lopes da Silva UFG
  • Valquíria Rocha Santos Veloso UFG
  • João Carlos Tardivo FMC do Brasil
  • Cláudio Dias de Abreu UFG
  • Roberto Magno de Castro e Silva UFG

Resumo

Realizou-se um experimento de campo no município de Goianápolis - Goiás, visando ao controle químico da traça Plutella xylostella (L. 1758) em repolho, com os produtos piretróides cypermetrina (Arrivo 200 CE) nas dosagens de 3,2 e 6,0g i.a, por ha; permetrina (pounce 384 CE) nas dosagens de 16,5 e 33,4g i.a./ha; deltametrina (decis 25 CE) na dosagem de 2,0g i.a/ha e testemunha. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso com 4 repetições. Os produtos foram aplicados com pulverizador costal comum, dotados de bico D3, gastando-se 300 litros de calda/ha. As pulverizações foram realizadas semanalmente até a colheita. A primeira pulverização foi feita 19 dias após transplantio das mudas para o campo. Pelos resultados obtidos, concluiu-se que a cypermetrina foi eficiente no controle da praga na dosagem de 30 ml/100 litros de água (6,0g i.a/ha) com 89% de eficiência, enquanto a permetrina e a deltametrina foram eficientes em todas as dosagens testadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

05-12-2007

Como Citar

SILVA, A. L. da; VELOSO, V. R. S.; TARDIVO, J. C.; ABREU, C. D. de; SILVA, R. M. de C. e. AVALIAÇÃO DE INSETICIDAS PIRETRÓIDES NO CONTROLE DA TRAÇA DAS CRUCÍFERAS (Plutella xylostella L. 1758) EM REPOLHO. Pesquisa Agropecuária Tropical, [S. l.], v. 23, n. 1, p. 7–12, 2007. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/2624. Acesso em: 4 dez. 2021.

Edição

Seção

Artigo Científico