ENSAIO PARA O CONTROLE QUÍMICO DA BROCA PEQUENA Neoleucinodes elegantalis (Guennée 1854) (Pyralidae Lepidoptera) DO TOMATE

  • Paulo Sandre Júnior UFG
  • Antônio Lopes da Silva UFG
  • Valmir Eduardo D. Alcântara UFG
  • Tarciso Albuquerque de Farias UFG

Resumo

Para controle da broca pequena do fruto do tomate Neoleucinodes elegantalis (Guennée, 1854), foi realizado no campo experimental da Escola de Agronomia da Universidade Federal de Goiás, um experimento em tomateiro, cultivar Kadá, visando a avaliar em campo a eficiência dos inseticidas: cypermethrin (Polydial 20 CE) – 130 g. i.a./ha; diclorvos (Nuvan 1000 CE) - 312,5 g. i.a./ha; diazinon (Diazinon 40 PM) 250 g. i.a,/ha; diazinon (Diazinon 600 CE) 300 g. i.a/ha, comparados com cartap (Cartap BR 500) - 312,5 g. i.a. e uma testemunha. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso com quatro repetições. Cada parcela foi constituída de duas linhas com dez plantas. Foram realizadas quatro aplicações, sendo uma a cada semana, a partir do surgimento dos primeiros frutos. A avaliação dos resultados foi realizada por ocasião da primeira produção, quando todos os frutos das parcelas foram colhidos para se detectar quantos estavam brocados. Os resultados obtidos no presente experimento mostraram que houve diferença estatística significativa entre os produtos utilizados e que todos diferiram significativamente da testemunha. Os produtos mostraram as seguintes eficiências no controle da praga: Cartap BR 500, 90,9%; Polydial 20 CE, 88,2%; Nuvan 100 CE, 80,0%; Diazinon 600 CE, 77,3%, e Diazinon 40 PM, 70,9%.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
04-12-2007
Como Citar
SANDRE JÚNIOR, P.; SILVA, A.; ALCÂNTARA, V.; FARIAS, T. ENSAIO PARA O CONTROLE QUÍMICO DA BROCA PEQUENA Neoleucinodes elegantalis (Guennée 1854) (Pyralidae Lepidoptera) DO TOMATE. Pesquisa Agropecuária Tropical (Agricultural Research in the Tropics), v. 21, n. 1, p. 127-131, 4 dez. 2007.
Seção
Artigo Científico