SENSIBILIDADE/RESISTÊNCIA DE BACTÉRIAS ISOLADAS NO AMBIENTE, EM FERIDAS CIRÚRGICAS, EM MÉDICOS VETERINÁRIOS, ENFERMEIROS E AUXILIARES DE ENFERMAGEM: INFECÇÃO EM HOSPITAL VETERINÁRIO

  • Albenones José de Mesquita UFG
  • Luiz Antônio Franco da Silva UFG
  • Maria Auxiliadora Andrade UFG
  • Maria Aparecida da C. Batista UFG

Resumo

A sensibilidade de 275 cepas bacterianas oriundas do ambiente de hospital veterinário, feridas cirúrgicas, médicos veterinários, enfermeiros e auxiliares de enfermagem foi testada em relação a sete antibióticos e quimioterápicos segundo a técnica de difusão em placa pelo método de Kirby-Bauer. O gentamicina e o cloranfenicol, em geral, demonstraram maior atividade frente às cepas provenientes das cinco fontes. A penicilina, e a ampicilina foram ineficazes contra os gêneros da família Enterobacteriaceae.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
04-12-2007
Como Citar
MESQUITA, A. J. DE; SILVA, L. A. F. DA; ANDRADE, M. A.; BATISTA, M. A. DA C. SENSIBILIDADE/RESISTÊNCIA DE BACTÉRIAS ISOLADAS NO AMBIENTE, EM FERIDAS CIRÚRGICAS, EM MÉDICOS VETERINÁRIOS, ENFERMEIROS E AUXILIARES DE ENFERMAGEM: INFECÇÃO EM HOSPITAL VETERINÁRIO. Pesquisa Agropecuária Tropical, v. 21, n. 1, p. 1-8, 4 dez. 2007.
Seção
Artigo Científico