Comparação de métodos de correção de estande para estimar a produtividade de sorgo granífero

Autores

  • Karla Jorge da Silva Universidade Federal de Viçosa (UFV), Programa de Pós-graduação em Genética e Melhoramento, Viçosa, MG, Brasil.
  • Cicero Beserra de Menezes Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Embrapa Milho e Sorgo, Sete Lagoas, MG, Brasil.
  • Flávio Dessaune Tardin Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Embrapa Milho e Sorgo, Sete Lagoas, MG, Brasil.
  • Vander Fillipe Souza Universidade Federal de São João Del Rei (UFSJ), Departamento de Ciências Agrárias, São João Del Rei, MG, Brasil.
  • Crislene Vieira Santos Universidade Federal de São João Del Rei (UFSJ), Departamento de Ciências Agrárias, São João Del Rei, MG, Brasil.

Palavras-chave:

Sorghum bicolor (L.) Moench, análise estatística, erro experimental.

Resumo

A magnitude do erro experimental tem efeito direto no sucesso de experimentos, no melhoramento de plantas. Este trabalho objetivou verificar a interferência de métodos de correção de estande na produtividade de 25 híbridos de sorgo granífero, em sete ambientes. Os métodos avaliados foram: sem correção, regra de três, covariância de estande médio e de estande ideal, Zuber, Cruz, Vencovsky & Cruz e correção estratificada, com base no agrupamento de genótipos. O coeficiente de correlação de Pearson foi utilizado para verificar a magnitude da influência de cada método, em relação aos dados sem correção. Os métodos de correção de estande baseados em covariância e de Vencovsky & Cruz reduziram o coeficiente de variação e apresentaram alta correlação com parâmetros de adaptabilidade e estabilidade dos híbridos, no entanto, estas diferenças não foram expressivas a ponto de justificarem a correção.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Karla Jorge da Silva, Universidade Federal de Viçosa (UFV), Programa de Pós-graduação em Genética e Melhoramento, Viçosa, MG, Brasil.

Engenheira Agrônoma pela Universidade Federal de São João Del Rei, atualmente mestranda no Programa de Pós Graduação em Genética e Melhoramento pela Universidade Federal de Viçosa-MG. Atuação em Programa de Melhoramento Genético de Sorgo Granífero.

Cicero Beserra de Menezes, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Embrapa Milho e Sorgo, Sete Lagoas, MG, Brasil.

possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Lavras (1997), mestrado em Agronomia (Genética e Melhoramento de Plantas) pela Universidade Federal de Lavras (1999) e Doutorado Sanduíche em Agronomia (Fitotecnia) pela Universidade Federal de Lavras/ Brigham Young University (2003). Tem experiência na área de Genética e Melhoramento de Hortaliças, principalmente nas culturas da Cebola, cenoura, melão e milho doce. Atualmente é Pesquisador da Embrapa Milho e Sorgo, trabalhando diretamente com Melhoramento de Sorgo Granífero visando tolerância a multiplos estresses.

Flávio Dessaune Tardin, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Embrapa Milho e Sorgo, Sete Lagoas, MG, Brasil.

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal do Espírito Santo (1998), Licenciatura em Física pela Universidade Salgado de Oliveira (2005), mestrado e doutorado em Produção Vegetal/Fitomelhoramento pela Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (2001, 2006). Atuou como pesquisador do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), de abril de 2005 a outubro de 2006, na área de Estatística e Métodos Quantitativos em P & D; sendo também diretor administrativo/financeiro da Associação dos Servidores do Incaper. Aprovado em concurso público, ingressou em novembro de 2006 na Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa Milho e Sorgo), onde exerce o cargo de Pesquisador A, atuando na área de melhorameto genético da cultura do sorgo. A partir de setembro de 2011 atua pela Embrapa Milho e Sorgo junto a Embrapa Agrossilvipastoril, desenvolvendo as atividades dos programas de melhoramento de sorgo e milho no estado do Mato Grosso. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Melhoramento Genético Vegetal e Estatística Experimental, atuando principalmente nestes temas.

Crislene Vieira Santos, Universidade Federal de São João Del Rei (UFSJ), Departamento de Ciências Agrárias, São João Del Rei, MG, Brasil.

Graduanda em Agronomia

Downloads

Publicado

07-07-2014

Como Citar

SILVA, K. J. da; MENEZES, C. B. de; TARDIN, F. D.; SOUZA, V. F.; SANTOS, C. V. Comparação de métodos de correção de estande para estimar a produtividade de sorgo granífero. Pesquisa Agropecuária Tropical, [S. l.], v. 2, n. 1, p. 175–181, 2014. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/25696. Acesso em: 18 maio. 2021.

Edição

Seção

Genética e Melhoramento de Plantas