PERÍODO CRÍTICO DE COMPETIÇÃO ENTRE COMUNIDADES DE PLANTAS DANINHAS E O ALGODOEIRO (Gossypium hirsutum L.) NO ESTADO DE GOIÁS

  • João de Deus Moraes
  • Raimundo Jacinto M. Silva
  • Waldemar P. Cerqueira
  • Armando M. Macêdo
  • Arnaldo Costa Santana

Resumo

Com a finalidade de estudar as épocas críticas de competição de plantas daninhas com o algodoeiro (Gossipium hirsutum L.) , foram instalados cinco ensaios em área do Colégio Agrícola de Rio Verde — Goiás, no período de 1978 a 1981, sendo dois ensaios nos anos agrícolas de 1978/79 e 1979/80 em latossolo vermelho—escuro com 4,71% de matéria orgânica e 10,73% de argila. Os outros três ensaios foram instalados nos anos agrícolas 1978/79, 1979/80 e 1980/81, em área da Estação Experimental de Goiânia, Estado de Goiás, em latossolo vermelho-escuro distrófico textura franco argilosa, acidez moderada e baixo teor de matéria orgânica. Os tratamentos foram: capinas até 2, 4, 6, 8 primeiras semanas e durante todo o ciclo e capinas após 2, 4, 6, 8 primeiras semanas e todo o ciclo sem capinas. Os resultados mostraram que a competição das plantas daninhas com a cultura, quando não controlada, provocou 88,75% de perda na produção, em Goiânia, e 90,65% em Rio Verde. Em relação à testemunha, mantida livre de competição durante todo o ciclo, o melhor rendimento foi obtido quando se manteve a cultura livre de competição durante oito semanas após a emergência do algodoeiro, em Rio Verde, e durante 4, 6, 8 semanas na 6ª semana, em Rio Verde, e em Goiânia na 4ª semana após a emergência do algodoeiro.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
19-11-2007
Como Citar
MORAES, J.; SILVA, R.; CERQUEIRA, W.; MACÊDO, A.; SANTANA, A. PERÍODO CRÍTICO DE COMPETIÇÃO ENTRE COMUNIDADES DE PLANTAS DANINHAS E O ALGODOEIRO (Gossypium hirsutum L.) NO ESTADO DE GOIÁS. Pesquisa Agropecuária Tropical (Agricultural Research in the Tropics), v. 13, n. 1, p. 39-51, 19 nov. 2007.
Seção
Artigo Científico